Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Eventos

Arpen-SP promove I Simpósio de Direito Registral e Notarial do Estado de São Paulo
Pensando no aperfeiçoamento cultural e no incremento da capacidade técnica dos Registradores Civis e Notários de todo o Estado a Arpen-SP promoveu no mês de setembro o I Simpósio de Direito Registral do Estado de São Paulo, evento voltado ao debate técnico-jurídico dos atos praticados pelos registradores e notários. 
 
O evento teve início na segunda-feira (25.09), com a palestra do juiz de direito titular da 27ª Vara Cível de São Paulo e doutor em direito pela USP, Vítor Kumpel, que falou a respeito do tema 'Casamento'. "Esse tipo de evento é de grande importância. Ele é relevante para a comunidade jurídica, e é possível perceber que cada vez mais o oficial de registro civil tem se tornado um jurista, que age como informador para todos aqueles que entram em contato com ele para saber tudo o que diz respeito a sua atividade. Eu acredito que este evento tem que se repetir muitas vezes", enfatizou Kumpel.


Falando sobre o tema Casamento, o juiz de direito titular da 27ª Vara Cível de São Paulo, encantou aos presentes com uma palestra dinâmica e entusiasmada


Na terça-feira (26.09) foi a vez do Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo Kioitsi Chicuta discorrer sobre o tema 'Retificação Administrativa e Judicial'. "Não é só a oportunidade de quem faz a palestra de mostrar interesse pelo assunto, mas como uma troca de idéias. Então eu estou participando com a intenção de debater as novidades que estamos verificando nos últimos anos", ressaltou.


O jurista Kioitsi Chicuta falou sobre retificação administrativa e judicial no segundo dia do simpósio promovido pela Arpen-SP


O tema 'Reconhecimento de Paternidade' foi objeto da palestra de quarta-feira (27.09), que estará a cargo da renomada jurista Regina Beatriz Tavares da Silva, mestre e doutora em direito civil pela USP. "As minhas expectativas são as melhores, tendo em vista que os temas foram muito bem escolhidos pela coordenadora do evento, e também os professores são excelentes".


A advogada especializada em direito civil, Regina Beatriz Tavares da Silva  falou a respeito de reconhecimento de paternidade no terceiro dia de palestras do I Simpósio de Direito Registral do Estado de São Paulo


Finalizando o I Simpósio de Direito Registral do Estado de São Paulo, na quinta-feira (28.09), José Renato Nalini, mestre e doutor em direito constitucional pela USP, juiz, secretário-geral da Academia Paulista de Letras e desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, falou a respeito do tema 'Responsabilidade Civil'.


O desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, José Renato Nalini, falou a respeito de "Responsabilidade Civil" no último dia do Simpósio


Durante as quatro noites cerca de 200 pessoas lotaram o salão nobre da Casa de Portugal no bairro da Liberdade, na Capital. O 1º Simpósio de Direito Registral e Notarial do Estado de São Paulo contou com a presença de Oficiais e prepostos das mais diferentes localidades do Estado de São Paulo.

Para o coordenador técnico do evento, Odélio Antônio de Lima, esta é a oportunidade que muitos estavam esperando para poderem se aperfeiçoar tecnicamente e esclarecer dúvidas diárias da prática de seus serviços. "Planejamos este I Simpósio para ser justamente o espaço que o registrador civil estava buscando para se aperfeiçoar técnica e culturalmente no que se refere à sua prática diária", afirmou. "Temos o objetivo de estimular os Oficiais a se desenvolverem através do estudo, fazendo com que seu exemplo se reflita em seus prepostos e no aprimoramento do cartório", concluiu.


Mais de 200 pessoas compareceram ao primeiro Simpósio Registral promovido pela Arpen-SP


Investir na capacitação cultural e aprimoramento técnico dos registradores civis do Estado de São Paulo é uma das metas do presidente da entidade, Antônio Guedes Netto, que deu total apoio ao departamento de cursos da Arpen-SP. "Investimos tudo o que podíamos na estruturação física da Arpen-SP nestes primeiros seis meses e agora vamos nos dedicar ao aprimoramento técnico e cultural dos nossos colegas", reiterou.


Os moderados do evento, Saulo de Oliveira Salvador, Márcia Aparecida Sciorilli Scarpitti, João Baptista Martelletto e  Adolpho José Bastos da Cunha


Deixe seu comentário
 
 
610058

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 128.091.703
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP