Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Eventos

Cursos de Qualidade no Atendimento ao Cliente completam dois anos em Bauru
Sessão de Fotos Relacionada: Como Conquistar e Manter Clientes - Bauru

A jornada em busca da perfeição no atendimento conferido aos clientes dos cartórios paulistas começou cedo. Uma jornada que completa 2 anos em setembro e que já ultrapassa a marca de 1.600 pessoas certificadas pelos cursos "Qualidade no Atendimento ao Cliente" e "Como Conquistar e Manter Clientes - Uma Equipe em Busca de Resultados", ambos ministrados pelo renomado professor Gilberto Cavicchioli. Foram incontáveis horas de viagens, percorrendo capital e interior do Estado, somando-se aí mais de uma dezena de cidades visitadas, com o único objetivo de aprimorar o atendimento oferecido aos clientes nos cartórios de registro civil espalhados por todo o Estado de São Paulo. Para celebrar o sucesso incontestável desta empreitada promovida pela Arpen-SP em setembro de 2005, a reportagem da entidade conversou com Gilberto Cavicchioli quando voltava de mais um curso "Como Conquistar e Manter Clientes - Uma Equipe em Busca de Resultados", dessa vez realizado em Bauru, a quase 400 km da capital. Entre um pedágio e outro Gilberto Cavicchioli contou detalhes da brilhante trajetória que tem traçado ao longo desses dois anos de cursos promovidos pela entidade. Confira agora a entrevista na íntegra.


Arpen-SP - Como surgiu a oportunidade de se ministrar cursos para o público do segmento cartorário?

Gilberto Cavicchioli - Essa oportunidade surgiu em agosto de 2006, quando a Arpen-SP convidou a Sociedade Brasileira de Qualidade (SBQ), empresa da qual sou sócio, para desenvolver um trabalho sobre o tema "Qualidade no Atendimento ao Cliente" para os profissionais da área. À época, o então presidente da Arpen-SP, Odélio Antônio de Lima, havia feito um curso com o Alexandre Rangel, presidente da SBQ, surgindo nesta ocasião o interesse. Como o tema é da minha especialidade, o Alexandre Rangel o dirigiu a mim. E como o segmento cartorário é bem específico e muito diferente das empresas para as quais se costuma desenvolver cursos de marketing, foi necessário montar um curso
específico para esse tipo de público.


Arpen-SP - Como foi o desenvolvimento deste curso?

Gilberto Cavicchioli - O meu primeiro passo quando aceitei esse desafio foi conversar com a diretoria da Arpen-SP e visitar algumas serventias localizadas na Capital, em diferentes bairros, com o intuito de conhecer o público-alvo de cada região. E foi por meio de entrevistas e conversas que fui identificando necessidades, adquirindo o jargão dos cartórios, assimilando expectativas e anotando deficiências. A partir dessa minha percepção e daquilo que ouvi de todos que entrevistei, desenvolvi esse curso especialmente para o segmento. Portanto, o que se pode dizer é que esse é um curso customizado, desenvolvido especificamente para os profissionais do registro civil.


Arpen-SP - Antes de percorrer o Estado de São Paulo ministrando cursos de Qualidade no Atendimento ao Cliente, qual era a sua concepção em relação ao atendimento oferecido pelos cartórios?

Gilberto Cavicchioli - Eu sempre utilizei pouco o serviço dos cartórios, até porque muitas vezes a minha presença nem mesmo se fazia necessária. A minha visão era a de um estabelecimento onde o atendimento conferido aos clientes era frio, os funcionários muito burocráticos e o atendimento demorado. Ou seja, ir a um cartório era sinal de perder algum ou muito tempo; achava que as serventias viviam lotadas e não eram muito aprazíveis e via o trabalho como um trabalho meio monótono. Mas a minha maior surpresa foi observar que o dia a dia dos cartórios de registro civil era muito movimentado e o número de serviços que
prestavam era muito maior do que aquele que eu imaginava.


Arpen-SP - O que mais lhe fascina quando se trata de cartórios de registro civil?

Gilberto Cavicchioli - Eu identifico nos profissionais do registro civil um comprometimento muito grande com o trabalho que lhes foi atribuído, e acredito que isso se deva ao fato de a maioria deles alimentarem um amor muito grande por aquilo que fazem. Sem contar que o registrador civil é sempre muito amável, muito atencioso e muito sensível em relação aos níveis de emoção por que passam aqueles que vão à serventia, seja para realizar um casamento, um nascimento, um óbito... São atos que estão diretamente envolvidos com a passagem da vida das pessoas e também com seus sentimentos, portanto, acredito que o mais fascinante no trabalho desses profissionais seja essa grande oportunidade de participar e vivenciar momentos inesquecíveis na vida dos seus usuários.


Arpen-SP - Qual foi a mudança mais significativa no que se trata do atendimento oferecido aos clientes pelas serventias paulistas ao longo desses 2 anos em que os seus cursos são ministrados por todo o Estado?

Gilberto Cavicchioli - Ministrar esses cursos por todo o Estado de São Paulo me conferiu uma sensação de co-participação no processo de aperfeiçoamento do atendimento prestado pelos cartórios. Percebo que estão rendendo bons frutos, pois continuo visitando as serventias, conversando com as pessoas e ouvindo o que elas têm a dizer. Faço isso não apenas para checar a evolução no atendimento, mas também como estratégia para sempre manter o curso atual. Para a minha grande satisfação, pude perceber grandes melhorias em todas as serventias onde estive, e em todos os níveis. Evidentemente, as melhorias estão diretamente atreladas ao capital que se tem para investir, mas, de uma maneira geral, todas as serventias estão procurando melhorar e dinamizar a estrutura e o ambiente para proporcionar um melhor atendimento ao cliente. Hoje, posso afirmar que esse trabalho que desenvolvo junto aos cartórios de registro civil tornou-se muito marcante na minha carreira.


Arpen-SP - Em março deste ano, a Arpen-SP firmou uma parceria com o Sindicato dos Notários e Registradores do Estado de S. Paulo para promover o curso "Como Conquistar e Manter Clientes - Uma Equipe em Busca de Resultados". Qual o peso de uma parceria como essa?

Gilberto Cavicchioli - Essa parceria foi importante no sentido de avançarmos em outras localidades e em outras naturezas. Quase 100% do público que participou do curso "Qualidade no Atendimento ao Cliente" era de registradores civis. Já nesse segundo módulo, no curso "Como Conquistar e Manter Clientes - Uma Equipe em Busca de Resultados" eu pude perceber uma platéia composta por outras naturezas, muitos registradores de imóveis e muitos tabeliães. Portanto, creio que o mais valioso desta parceria tenha sido o fato de estendermos um tema tão relevante às outras especialidades.


Arpen-SP - Existe um acompanhamento deste trabalho? Feito o curso, qual o próximo passo?

Gilberto Cavicchioli - Eu acredito que o grande trunfo deste trabalho acabe sendo catalizado no "Prêmio de Qualidade no Atendimento ao Cliente", que é uma resultante de todas as iniciativas absorvidas através dos cursos e implementadas no dia-a-dia profissional dos registradores. Neste ano acontecerá a terceira edição do Prêmio e o observei que a animação e o entusiasmo são crescentes. A cada ano o Prêmio é mais disputado, o número de cartórios participantes cresce e a votação é ainda maior. Com isso, a gente nota que os cursos motivam os cartórios a participarem e a se engajarem na saudável disputa
pelo troféu de melhor atendimento conferido ao cliente. Vejo este Prêmio como a extensão do trabalho desenvolvido ao longo desse tempo e isso é muito gratificante. O terceiro Prêmio de Qualidade no Atendimento ao Cliente demonstra que a Arpen-SP está consciente de que mudança de comportamento só se obtém através da persistência, da disciplina e do trabalho contínuo.


Arpen-SP - Levando-se em consideração as limitações geográficas, culturais e estruturais dos cartórios espalhados por todo o País, que conselho você gostaria de dar aos registradores civis brasileiros?

Gilberto Cavicchioli - O Brasil é um País de grandes diferenças culturais, sociais e econômicas. Existem cartórios extremamente estruturados e informatizados, bem como existem cartórios onde a tecnologia é apenas um esboço do futuro. Mas eu acredito que, independente dessas diferenças acima citadas, o grande segredo para o sucesso no atendimento ao cliente em uma serventia resida no modo como os funcionários se sentem em relação ao seu trabalho. É importante contar com uma equipe motivada e dar-lhe motivos para que isso aconteça. Os funcionários devem estar comprometidos com suas funções e conscientes do serviço que prestam à comunidade. E para isso não existe uma fórmula ideal. Cada serventia a desenvolve de acordo com as ferramentas de que dispõe.


Deixe seu comentário
 
 
101311

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 128.050.057
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP