Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Registradores e Notários da Baixada Santista reúnem-se com o deputado federal Paulo Papa sobre demandas no Congresso Nacional

Publicado em: 04/04/2016
Santos (SP) – Registradores e Notários da região da Baixada Santista reuniram-se na última sexta-feira (01.04) na cidade de Santos (SP) com o deputado federal João Paulo Tavares Papa (PSDB-SP), para debater os atuais projetos em tramitação no Congresso Nacional que envolvem a atividade extrajudicial brasileira, entre eles o PL 1775/15 que institui o Registro Civil Nacional, o PL 1983/2015 e a PEC 411/2014, que instituem teto remuneratório para a categoria.

O encontro foi coordenado pela diretora regional da Baixada Santista da Associação dos Registradores do Estado de São Paulo (Arpen-SP), Ana Paula Goyos Browne, que destacou a preocupação da classe com o atual texto do projeto. “Somos guardiães dos dados da população e a nossa atividade é de zelar para que esses dados sejam perenes e colhidos de forma cautelosa e que sejam distribuídos com critérios cautelosos", disse referindo-se ao PL 1775/15, proposta do Governo Federal e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os registradores civis presentes ao encontro, entre eles os ex-presidentes da Arpen-SP, Nélson Hidalgo Molero e Manoel Luis Chacon Cardoso, expuseram o funcionamento dos sistemas eletrônicos nos cartórios, entre eles a Central de Informações do Registro Civil (CRC) e os novos serviços como a emissão do CPF na certidão de nascimento.

O deputado Papa ouviu a todos de forma atenta e disse que iria se inteirar melhor sobre o projeto para auxiliar. "Na minha vida pública sempre procurei ajustar as coisas que existem, não começar tudo de novo e sempre defendendo aquilo que está bem feito", falou. Para o congressista, "se houvesse uma mobilização entre os Estados seria bem provável que se tire de pauta o projeto, para que a Comissão criada para estuda-lo pudesse ter um melhor aprofundamento", disse.

Sobre os projetos que instituem teto remuneratório, coube ao ex-presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP), Ary José de Lima, abordar o tema, mencionando a responsabilidade e as cobranças que os cartórios sofrem por parte do Poder Judiciário, da população e o que poderá acontecer caso essa proposta seja aprovada. Os presentes explicaram como funcionam as serventias, os procedimentos jurídicos, administrativos, serviços realizados, prestação de informação para o Poder Público e repasse de taxas aos diversos órgãos da administração pública.
 
Antes do encerramento da reunião, o deputado paulista comentou não acreditar que o projeto seja aprovado, uma vez que não está em pauta e frisou que conversará com o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA).

Estiveram presentes no encontro, os registradores civis Nelson Hidalgo Molero (1º Subdistrito de Santos), Aldir Paschal Monte Belo (2º Subdistrito de Santos),  Manoel Luis Chacon Cardoso (Bertioga), Paulo Nunes dos Reis (Itanhaém), Janaina Isa Colombo Vantini, (Guarujá), Ana Paula Goyos Browne (São Vicente), o registrador de títulos e documentos Marcelo Alvarenga, os registradores imobiliários Ary José de Lima (2º R.I. de Santos), Nivaldo Lucato de Souza (3º R.I. de Santos) os tabeliães Hilton Duppre (6º Tabelionato de Notas de Santos), Catarina Pires de Camargo Villalba (7º Tabelião de Notas de Santos), Fernanda Mimura de Camargo Penteado (8º Tabelião de Notas de Santos) e ,  Eduardo França (4º Tabelionato de Notas de Santos).

Fonte: Arpen-SP
Deixe seu comentário
 
 
280887

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 129.398.792
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Secretário adjunto recebe presidente da Anoreg-SP

LEIA MAIS