Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Clipping – Jornal de Jundiaí - Este ano, Jundiaí registra nove casamentos homoafetivos

Publicado em: 17/05/2017
Quatro anos após o primeiro casamento homoafetivo em Jundiaí, realizado no dia 10 de maio de 2013, os dois cartórios de Registro Civil realizaram neste ano nove casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Em 2016, o número total foi de 17 cerimônias.

A resolução 175 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que impede os cartórios brasileiros de se recusarem a converter uniões estáveis homoafetivas em casamento civil, completou quatro anos neste mês de maio.  Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que desde a vigência da Resolução até o final de 2016 mais de 15 mil casamentos entre cônjuges do mesmo sexo foram registrados em cartórios em todo o País.

Em Jundiaí, a proporção de casamentos homoafetivos é praticamente igual entre pessoas do mesmo sexo masculino e feminino. Enquanto o 1º Cartório, localizado no Centro, registrou três casamentos para cada sexo, o 2º Cartório, na Vila Arens, realizou duas cerimônias entre mulheres e uma entre homens.

Um dos primeiros casamentos entre mulheres em Jundiaí foi o de Andrea Tropea, 42 anos, e Roberta Abilio da Silva Tropea, 36. Elas oficializaram a união estável de 10 anos em outubro de 2013 e hoje moram juntas com a filha de Roberta, que está com 11 anos. Andrea explica que a paixão entre elas era antiga e quando se reencontraram, Roberta estava grávida. Após o casamento, conseguiram registrar a menina com duas “mães”. “Hoje, a minha filha é a única aluna da sua escola que tem pais homoafetivos. A direção até achou estranho no começo”, conta Roberta.

Andrea afirma que o casamento melhorou a vida delas, pois antes, apenas com a união estável, elas sentiam falta de alguns direitos. “Quando eu ô€ƒ—cava doente ela não podia ficar como acompanhante no hospital e eu não podia colocá-la como dependente em convênios, por exemplo. Mas nossa maior motivação para nos unir oficialmente foi o nosso amor”, declara.

Combate à homofobia - Hoje, a Prefeitura de Jundiaí, por meio da Assessoria de Políticas para
Diversidade Sexual, promove uma cerimônia em comemoração ao Dia Internacional de Combate à Homofobia. O evento será realizado no auditório Elis Regina, que fica no Complexo Argos, a partir das 19h, e contará com duas palestras. A psicanalista e professora universitária Aline Aleixo falará sobre heterogeneidade; e a engenheira química, professora universitária e militante Camila Godoi fará um relato de sua experiência após ter passado pelo processo de transexualização

Fonte: Jornal de Jundiaí
Deixe seu comentário
 
 
559768

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 116.143.819
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Retificação ou Suprimento ou Restauração de Registro Civil - Retificação de Nome - Silvia Eliana Val Mattoso Perona - - Rosa Maria Mattoso Abolin

LEIA MAIS