Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Filha trans de líder homofóbica no Chile anuncia mudança de sexo em registro civil

Publicado em: 28/11/2017
A filha transgênero da promotora de uma campanha homofóbica no Chile anunciou nesta terça-feira que mudará de sexo em seu registro civil, um dia depois que sua mãe acusou o Movimento de Libertação Homossexual (Movilh) de ser imoral por divulgar o caso.

A jovem transgênero de 19 anos, que vai realizar o processo de mudança de nome e sexo no registro civil, declarou que decidiu divulgar a sua decisão "para apoiar aqueles que estão passando por uma situação como esta".

"É possível seguir adiante apesar das circunstâncias", afirmou Carla Gonzalez Aranda, filha de Marcela Aranda, uma ativista que liderou em julho uma caravana do movimento ultra-católico espanhol Hazte Oír, que percorreu o país em campanha contra a homossexualidade e a identidade de gênero.

A jovem transgênero disse em uma coletiva de imprensa ao lado do presidente do Movilh, Rolando Jiménez, que a chegada do auto-intitulado "Ônibus da Liberdades" ao Chile não teve relação com seu processo.

Carla afirmou que não tem contato com sua família há três anos e que se sentiu "discriminada" pelo movimento liderado por sua mãe.

Na segunda-feira, Marcela Aranda declarou que continuará amando seu "filho", enquanto denunciou a animosidade do Movilh no caso.

"O uso de sua pessoa, imagem e intimidade é uma estratégia cruel e imoral para atingir seus objetivos. Não se importam de expor e prejudicar a vida do meu filho", afirmou.

A chegada do ônibus homofóbico provocou a rejeição do governo da socialista Michelle Bachelet, que, contudo, não pode negar o direito do veículo circular.

A resposta do Movilh foi levar às ruas um "ônibus da diversidade".

Fonte: AFP
Deixe seu comentário
 
 
961107

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 117.292.483
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Edital de Escritura de Compra e Venda

LEIA MAIS