Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

IBDFAM: VII Congresso Nacional de Psicanálise, Direito e Literatura debate as múltiplas faces da adoção

Publicado em: 13/09/2018
De 19 a 21 de setembro, acontece o VII Congresso Nacional de Psicanálise, Direito e Literatura (CONPDL), na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no campus Pampulha. O tema desta edição é “As múltiplas faces da adoção: leituras de Nunca deixe de acreditar”, tendo como público-alvo estudantes de graduação, pós-graduação e profissionais que atuam nos campos da psicologia, psicanálise, direito, literatura e todos que têm interesse pelo tema da adoção.

O CONPDL propõe o debate sobre a adoção em um sentido amplo, levando em conta as engrenagens da infância no Brasil. Além de trazer reflexões sobre o que está em jogo nos processos adotivos, também será discutido o Cadastro Nacional de adoção, a situação de crianças e adolescentes que não são adotados, as instituições de acolhimento, crianças que acabam na criminalidade, o lugar das políticas públicas etc.

Para Érica Espírito Santo, psicóloga e membro da equipe organizadora do evento, o objetivo do CONPDL é trazer para o debate, dentro da universidade pública, assuntos que sejam imprescindíveis na formação de estudantes, questões de grande relevância social. “A programação foi construída tendo como meta abranger o que chamamos de ‘múltiplas faces da adoção’, ou seja, esperamos debater aspectos diversos da adoção. Serão três dias de mesas-redondas e recebemos mais de 60 trabalhos para as mesas simultâneas”, afirma.
Para suscitar a discussão, o evento usará o livro Nunca deixe de acreditar, autobiografia de Christina Rickardsson, brasileira que foi adotada aos 8 anos por uma família sueca. Moradora de Diamantina (MG) e também das favelas de São Paulo, pelo relato em seu livro podemos revisitar o cenário tenebroso que cercava a infância no Brasil no fim dos anos 1980, início dos 1990, o processo da sua adoção e o seu crescimento em outra cultura.

“A história do livro nos ajuda a pensar nas múltiplas faces da adoção, em seus aspectos mais delicados. Isso absolutamente dentro da realidade brasileira. Nos faz perceber o quanto são necessárias as medidas de proteção à infância, assim como as políticas de proteção às famílias desamparadas, também a estruturação dos espaços como escolas e abrigos, o quanto foram importantes as mudanças nas leis e implementação do Estatuto da Criança e do Adolescente. Percebemos o quanto a adoção transformou a realidade da autora, mas também como ela fala de tudo o que lhe aconteceu”, destaca Érica, justificando a escolha do livro para o evento.

A psicóloga comentou sobre o Estatuto da Adoção do IBDFAM, que visa agilizar o sistema de adoção no Brasil. “Estamos acompanhando os passos do Estatuto da Adoção e consideramos importantes todas as iniciativas que visem a melhorar a vida das crianças brasileiras em situação de vulnerabilidade. Esperamos que o Estatuto seja mais uma ferramenta de ajuda nessa delicada engrenagem dos processos de adoção”, finaliza.

Inscrições:http://www.conpdl.com.br/

Fonte: IBDFAM

Deixe seu comentário
 
 
764642

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 123.834.322
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Clipping – IstoÉ - Congresso chileno aprova lei que permite mudança de gênero para maiores de 14 anos

LEIA MAIS