Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Identidade Digital e Divórcio no Registro Civil português são destaques no CONARCI

Publicado em: 13/09/2018
Foz do Iguaçu (PR) - Um quadro comparativo entre o Registro Civil brasileiro e português foi o tema da terceira palestra do Congresso Nacional do Registro Civil, que está sendo realizado na cidade de Foz do Iguaçu. Apresentado pela advogada portuguesa Madalena Teixeira, a apresentação abordou alto índice de digitalização dos documentos no Registro Civil Português, onde praticamente todos os atos são solicitados via internet.


 
A advogada iniciou sua fala esclarecendo que o registrador civil é chamado de conservador civil “porque ele conserva os dados civis da pessoa". No restante de sua apresentação, a advogada discorreu em linha do tempo sobre a evolução do divórcio em Portugal de 1977 até os dias de hoje, passando pelo projeto de digitalização como forma de trazer ainda mais segurança jurídica aos documentos. "Hoje em dia, basta apenas alguns cliques na internet, preencher um formulário online para que o casal possa dar entrada ao pedido de divórcio. É tudo muito simples", relatou.


 
Madalena Teixeira destacou que, até 2001, o divórcio era feito somente pela via judicial, mas agora, em razão de um intenso processo de desjudicialização na legislação portuguesa, abriu-se a possibilidade de que o divórcio, nos casos em que não haja litígio, possam ser realizados diretamente nos cartórios.
 


A palestrante também contou que, desde 2007, o processo foi transferido para os cartórios, criando assim o que chamou de “balcão de divórcio”, onde na própria unidade de Registro Civil, que já celebrava o casamento, pudesse ser realizado também o divórcio e a partilha, desde que em comum acordo entre as partes.

 Madalena também revelou que em Portugal não há mais a competência territorial, ou seja, o divórcio pode ser feito em qualquer Cartório de Registro Civil, não sendo obrigatório ser realizado onde havia sido celebrado o casamento.
 
Ao concluir a palestra, o mediador do painel, o gestor público nas áreas de Tecnologia da Informação, Planejamento e Registro Civil & Identidade, Cláudio Muniz Machado Cavalcanti, destacou o horizonte que o tema trouxe. "Foi interessante prestar atenção neste tema porque ele é um excelente norte para que saibamos que a evolução da tecnologia é muito mais um aliado dos registradores do que um problema", afirmou.



Fonte: Assessoria de Imprensa

Deixe seu comentário
 
 
178864

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 124.960.016
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

CONARCI debate o novo regramento nacional de mediação e conciliação

LEIA MAIS