Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

IBDFAM: "Famílias e vulnerabilidades” é o tema do XII Congresso Brasileiro de Direito das Famílias e Sucessões do IBDFAM. Confira.

Publicado em: 21/03/2019
Nos dias 16, 17 e 18 de outubro, no Sesc Palladium, em Belo Horizonte (MG), acontece o XII Congresso Brasileiro de Direito das Famílias e Sucessões do IBDFAM: Famílias e Vulnerabilidades. Inscreva-se agora!

O jurista Paulo Lôbo, diretor nacional do IBDFAM e membro da comissão científica do evento, explica como os integrantes chegaram ao tema escolhido: “A comissão científica dos Congressos do IBDFAM, com antecedência necessária, sempre procura discutir e analisar, dentre as questões que as circunstâncias indicam, aquela que melhor desponta como a orientação mais abrangente para verter-se em tema central, que ainda não tenha sido escolhido nas edições anteriores. Neste ano de 2019, para o XII Congresso, foi consensual ‘Famílias e Vulnerabilidades’, para que os expositores convidados reflitam e interajam com os congressistas sobre o que o direito brasileiro avançou e o que falta avançar quanto aos que são consideradas juridicamente vulneráveis, máxime em relação às famílias: as crianças, os adolescentes, as mulheres, os idosos, as pessoas com deficiência, as minorias étnicas, sociais, de gênero, religiosas, os migrantes e imigrantes, as entidades familiares não matrimonializadas. É um olhar para os vulneráveis a partir, prioritariamente, das famílias e daqueles em relação a estas, paralelamente aos deveres imputáveis à sociedade e ao Estado”.

Sobre a importância da temática “Famílias e Vulnerabilidades”, Paulo Lôbo expõe: “Observa-se, nos dias atuais, a ascensão de um certo darwinismo social, cultural e econômico, ou seja, da justificação do predomínio do mais forte sobre os mais fracos, com desprezo ou tentativas de redução do reconhecimento dos direitos que os países, inclusive o Brasil, paulatinamente conferiram aos que consideraram juridicamente vulneráveis, nas últimas décadas. No que respeita às relações de famílias, é necessário reafirmar a importância, a manutenção e a expansão desse reconhecimento e de sua prática, até porque a família é o locus por excelência de acolhimento e da realização da afetividade e da dignidade das pessoas, notadamente quanto à igualdade, à autonomia e ao respeito”.

A partir do tema central, conforme Paulo Lôbo, a comissão científica elaborou uma relação de temas específicos, principalmente os que emergiram desde o último congresso, na doutrina, na jurisprudência e na legislação, além daqueles que continuam suscitando controvérsias. “Será mantida a experiência exitosa do XI Congresso, muito bem acolhida pelos participantes, no sentido de cada expositor ser instado a emitir uma opinião jurídica ou especializada sobre o problema que lhe endereçar a organização do Congresso”, diz.

Compõem a comissão científica do XII Congresso Brasileiro de Direito das Famílias e Sucessões: Rodrigo da Cunha Pereira (MG), presidente do IBDFAM; Maria Berenice Dias (RS), vice-presidente; Ana Carla Harmatiuk (PR), diretora nacional;

Eliene Bastos (DF), diretora nacional; Giselda Hironaka (SP), diretora nacional; Giselle Groeninga (SP), diretora nacional; Paulo Lôbo (PE), diretor nacional; Rolf Madaleno (RS), diretor nacional; Zeno Veloso, (PA), diretor nacional.
Participantes fiquem ligados!

Nesta edição - diferentemente da edição anterior, em que o primeiro dia do evento foi dedicado à assembleia e reunião de diretoria - a abertura será na quarta-feira, dia 16 de outubro (primeiro dia).

Em breve será divulgada a grade de programação. Inscreva-se aqui!
 

Fonte: IBDFAM
Deixe seu comentário
 
 
523395

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 129.298.087
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Clipping – IBDFAM - Mudança de nome e sexo no registro civil é destaque na Revista Científica do IBDFAM

LEIA MAIS