Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

STJ - Futuro presidente anuncia planos para gestão participativa no tribunal

Publicado em: 06/05/2020
Após ser eleito para o cargo de presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), na tarde desta terça-feira (5), o ministro Humberto Martins disse acreditar que, para ter pleno êxito em sua missão, deve fazer uma gestão participativa, em que todos os ministros tenham a oportunidade de opinar e se envolver ativamente nas decisões.

Para viabilizar essa participação, o presidente eleito pensa em constituir seis comitês consultivos, cada um formado por cinco ministros e coordenado pelo presidente, que atuarão nas áreas de gestão, orçamento e finanças, saúde, segurança e transporte, tecnologia da informação e assuntos legislativos.

"Essa é uma ideia inicial, ainda em gestação, mas que já deixo aqui lançada para discutirmos e aprimorarmos o formato final. O importante é que todos os senhores e as senhoras que depositaram confiança em mim, para gerir esta corte, poderão dar sua contribuição na área em que mais tenham interesse", afirmou o presidente eleito.

Servido​​​res
Humberto Martins externou ainda seu compromisso com a valorização dos servidores e colaboradores do tribunal. Segundo ele, os servidores públicos que integram os quadros do STJ merecem ser reconhecidos por seu incansável trabalho em prol do Poder Judiciário, e serão ouvidos em sua gestão. "Todos que têm ideias e opiniões sobre como o serviço público pode ser aprimorado devem ter a oportunidade de se expressar", salientou.

O presidente eleito parabenizou o ministro João Otávio de Noronha pela gestão à frente do STJ – que considerou excelente –, em especial pela condução do tribunal nesse período de pandemia do novo coronavírus, e assegurou que todas as boas práticas adotadas pelo atual presidente e pelos que o antecederam serão mantidas e aprimoradas, de forma a sempre melhorar a prestação jurisdicional, cumprindo com excelência o papel que a Constituição Federal atribuiu à corte.

Fonte: Superior Tribunal de Justiça
Deixe seu comentário
 
 
699195

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 138.053.185
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Clipping – JE Online - Mortes na cidade de São Paulo estão 28% acima da média histórica

LEIA MAIS