Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Cartório Alto da Mooca

Registro Civil das Pessoas Naturais do 33º subdistrito da Capital - Alto da Móoca

  • Oficial: Ilzete Verdemo Marques

  • Oficial Substituto: Ivete Verderamo Valente

  • Endereço: Rua da Mooca, 3878

  • Bairro: Alto da Móoca

  • CEP: 03165-002

  • E-mail: rcpnamooca@uol.com.br

  • Telefone: (0XX11) 6601 2909

  • Fax: (0XX11) 6601 4249

  • Horário de Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados das 9h às 12h.

  • Instalação do Cartório: 1938
  • Serviços: Nascimentos, Casamentos, Óbitos, Reconhecimento de Firmas, Autenticações e Procurações.

  • Links Úteis:

  • ESTE CARTÓRIO CONTA COM O CERTIFICADO DE QUALIDADE DA ARPEN-SP

    Ambiente familiar no cartório do Alto da Moóca


    No italiano bairro do Alto da Moóca fica instalado o 33º Oficial de Registro Civil de Pessoas Naturais da Capital. Um sobrado bastante aconchegante e movimentado, que faz lembrar aquelas casas de imigrantes cheias de gente no almoço de domingo. Ilzete Verderamo Marques, membro do conselho diretivo da Arpen-SP, Oficiala do cartório, é quem comanda a serventia.


    Desde muito nova Ilzete trabalhava no cartório do Alto da Moóca: "Minha mãe, que era conhecida como Dona Carmem do cartório, trabalhava aqui e quando eu tinha doze anos ela me colocou pra ajudar. Quando eu fiz quatorze eu fui registrada como auxiliar. E em 1974 assumi como escrevente; em 1975 fui promovida a Oficial maior, que foi quando o Oficial ficou doente e minha mãe assumiu. Finalmente, em 1978, quando minha mãe aposentou eu fiquei definitiva como escrivã", relembra.


    Um dado curioso é que o 33º Subdistrito sempre funcionou na extensa Rua da Moóca, em diferentes numerações, porém na mesma rua desde sua fundação em 1938. "Para mim é uma espécie de janela do bairro. Pude desde menina acompanhar o progresso e as mudanças na região. Acompanhamos o avanço do bairro. Antigamente era majoritariamente habitado por italianos, de repente ele mudou para um bairro mais de classe média baixa e agora está voltando a ser um bairro de classe média alta".


    Para Ilzete o trabalho realizado no cartório deve estar pautado pelo bom atendimento, pois o Oficial tem um papel muito importante na comunidade. "Ser Oficial num cartório é muita responsabilidade, tudo tem que estar em ordem na Serventia, mas é algo extremamente gratificante, estou sempre presente e gosto muito de atender o público", conta Ilzete. Manter o cartório informatizado também é peça chave atualmente. "A informatização é essencial no cartório. Acredito que hoje em dia sem isso não há como trabalhar".


    O amplo cartório do Alto da Moóca conta com dois andares para atendimento ao público. Nos guichês o atendimento é rápido, organizado e eficaz. A sala de casamentos, também localizada na parte de baixo da serventia, é um local bem decorado com um belo piano. Por todos estes motivos o cartório sempre foi freqüentado por moradores do bairro. "Tem gente que é casado aqui, registrou os filhos, netos, mortes na família. É um local bastante familiar", contou Ilzete.


    Os 14 funcionários, todos uniformizados, fazem mensalmente, em média, 60 casamentos, 95 nascimentos e 80 óbitos. E para atender melhor a população, o cartório tem um convênio, com o Hospital e Maternidade São Cristóvão onde um funcionário permanece no hospital das dez da manhã ao meio-dia e realiza, na própria maternidade, a coleta de dados para os registros de nascimentos.


    A Oficiala faz questão de salientar o papel da Arpen-SP para o dia-a-dia do trabalho nos cartórios: "A Arpen-SP atende a tudo que nós precisamos, nós podemos ligar e eles estão lá para informar, dar notícias, enfim tudo que é ligado a cartório a associação está lá para dar assistência. Ela facilita a comunicação".


  • Imagens do Cartório







    Alto da Mooca
    História do Bairro

    São Paulo no seu início era, uma cidade pequena de pouco mais de trinta mil habitantes. Os paulistanos ainda não haviam contemplado o surto extraordinário de seu futuro progresso. Começam a surgir fazendas que atingiam longas distâncias. Na planície que se estendia até a região do atual ABC, haviam várias propriedades cuja produção chegava a São Paulo por trilhas e pelo Tamanduateí. Os caminhos e o rio, então navegável, estimulavam diversos pedidos de terras nas regiões principalmente ao longo do Ribeirão da Moóca. Onde hoje se localiza o Alto da Moóca. Hoje esta região é especialmente desenvolvida e a população tem elevado nível de renda.

    Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
    Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
    Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

    Nº de Visitas: 113.915.855
    Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP