Quinta-Feira, 18 de Setembro de 2014 - Presidente: Ademar Custódio
E-mail Corporativo Back-up ead Clube de Compras Login com Certificado
  • Arpen-SP
  • Diretorias Regionais
  • Serviços e Projetos
  • Cursos e Eventos
  • Comunicação
  • Legislação
  • Acesso Rápido
  • Links Úteis
  • Eventos
  • Eventos

    Precisa Imprimir um Boleto para pagamento de sua Inscrição?

    Forneça o Nº da Inscrição:

Imprimir
Registro Civil das Pessoas Naturais do 12º Subdistrito da Capital - Cambuci

  • Oficial: Roberto de Almeida

  • Oficial Substituto: Ana Paula Neves de Almeida Lima

  • Endereço: Rua Albuquerque Marnhão, 106

  • Bairro: Cambuci

  • CEP: 01540-020

  • E-mail: cartorio_cambuci@yahoo.com.br 

  • Telefone: (0XX11) 3275 4840

  • Fax: (0XX11) 3207 1086

  • Horário de Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados das 9h às 12h.

  • Instalação do Cartório: 1907
  • Serviços: Nascimentos, Casamentos, Óbitos, Procurações, Autenticações e  Reconhecimento de Firmas

  • Links Úteis:

  • ESTE CARTÓRIO CONTA COM O CERTIFICADO DE QUALIDADE DA ARPEN-SP


    Um cartório com raízes paulistanas

    O Distrito de Paz do Cambuci foi instalado no dia 15 de abril de 1907. Recebeu a denominação de 13ª Zona Distrital de Paz de São Paulo em 1938 e, seis anos mais tarde, passou a ser o 12° Subdistrito do Cambuci. O Oficial Roberto de Almeida, que assumiu o cartório em 1983, tem 40 anos de profissão na esfera do registro civil. "Comecei a trabalhar no Subdistrito da Sé, como escrevente", conta. "Depois, passei por Diadema e vim para o Cambuci em dezembro de 1977. Onze anos depois fui designado como Oficial".


    Roberto nasceu em Tanabi, interior de São Paulo, mas aos dois anos já morava na Capital. Os laços fortes que o unem à atividade cartorial se vêem no envolvimento da família no cartório. "Tenho dois filhos, duas filhas e dois genros trabalhando comigo. Somos literalmente uma família dedicada à mesma profissão", afirma. Ao todo são 11 funcionários - sete escreventes, três auxiliares e uma copeira - que atendem pessoas provenientes de cinco bairros. "Na verdade o Cambuci se encontra rodeado pela Mooca, Aclimação, Ipiranga e Liberdade, que hoje são bairros diferentes, mas antigamente essa divisão era difícil de definir", explica o Oficial. O 12° Subdistrito da Capital também tem um posto de atendimento no Hospital Cruz Azul, que fica a alguns quarteirões de distância, prestando serviço diretamente à maternidade da instituição.


    Mudanças

    O Cartório do Cambuci está no endereço atual há apenas dois anos. "Quando eu comecei aqui, a serventia ficava nesta mesma rua, Albuquerque Maranhão, só que no início", diz Roberto. "Depois nós ocupamos três locais diferentes na Rua Lacerda Franco, que cruza com a nossa rua, e recentemente viemos para cá". A casa é ampla, com um longo corredor e com assentos para o público à esquerda da entrada; do lado direito, ficam os balcões de atendimento. Ao fundo, os armários com os livros de certidões. No andar de cima, além de uma dispensa e uma sala para arquivos, encontra-se o salão de casamentos. Todos os setores estão informatizados. "Não tem como resistir à comodidade e praticidade da informática", explica o Oficial. "Além disso, quem não se adapta aos métodos modernos não acompanha os parceiros e não dá conta do serviço como se deve", ressalta.


    Em média, são emitidas entre 100 e 120 certidões de nascimento mensalmente no 12° Cartório da Capital, e algo em torno de 20 casamentos ao mês são ali celebrados. O primeiro registro de nascimento da serventia foi emitido no dia 19 de abril de 1907. Ao todo são 103 livros de registros de nascimento pela lei antiga e 123 pela atual legislação. A primeira certidão de casamento data de 22 de abril de 1907, e são 100 os livros de registros de matrimônio (68 pela lei antiga e 32 pela atual). Já o primeiro óbito registrado no Cartório do Cambuci foi feito no dia 18 de maio de 1907, sendo 40 os livros de óbitos pela legislação antiga e 28 pela norma vigente.


    Roberto de Almeida lembra de personalidades que têm registros no cartório. "A atriz Nair Bello tem registro de nascimento aqui; o Paulinho [Paulo Pereira da Silva], que foi candidato a prefeito nas últimas eleições, casou-se no nosso salão; e tanto o Chico Xavier como o ex-governador Laudo Natel estiveram aqui como testemunhas de casamento".


  • Imagens do Cartório






     
    Cambuci
     
    História do Bairro
     
    Conhecido desde o século 16, o Cambuci é um dos bairros mais antigos da cidade. Seu nome nasceu devido à grande quantidade de cambuci, uma árvore de boa madeira e com um fruto apreciado em infusão com aguardente, que existia no local. Nos primórdios da São Paulo de Piratininga, passava pela região de Cambuci uma trilha que dava acesso ao Caminho do Mar, utilizado por tropeiros para chegar a Santos. Aos poucos, principalmente a partir de 1850, desenvolveu-se ao redor da trilha um pequeno comércio e algumas chácaras, sítios e fazendas. No passado, a região era considerada uma divisa entre a cidade e a zona rural. O que separava essas zonas era um córrego que existiu no lugar onde hoje é a rua dos Lavapés. Ali, para os tropeiros e viajantes que entravam na cidade pela baixada da Glória, era costume lavar os pés e dar de beber aos animais antes de seguir para a zona urbana. Oficialmente, o bairro foi criado em 19 de dezembro de 1906, pela Lei 1040 B. Atualmente, o distrito do Cambuci é composto pelos bairros de Vila Deodoro, Mooca (um pedaço) e Cambuci, que ao todo tem uma área de 3,9 km².

    Nº de Visitas: 61840105

    arpensp@arpensp.org.br

    Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo

    Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000

    Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539