Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Arpen-SP disponibiliza programa gratuito para cálculo da Matrícula Única

Publicado em: 10/12/2009
Registros efetuados a partir de 1° de janeiro de 2010 deverão obrigatoriamente constar o número de matrícula. Sistema permite o cálculo direto no site da entidade.

A Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP), com o objetivo de auxiliar os registradores civis paulistas e brasileiros na adaptação à introdução da Matrícula Única nos registros expedidos pelos Registradores Civis disponibiliza em seu site, gratuitamente, o programa para o cálculo da Matricula Única para as novas certidões.

Para calcular a matrícula única de sua serventia, basta clicar aqui ou clicar no link "Calcular Matrículas", que se encontra na coluna esquerda da home do site da Arpen-SP (www.arpensp.org.br).

Conforme o Provimento nº 3 da Corregedoria Nacional do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), publicado no Diário Oficial da União, no dia 19 de novembro de 2009, a matrícula única, principal mudança nas certidões, será obrigatória em todas as vias emitidas pelos Cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais a partir de 1º de janeiro de 2010.

O programa efetua o cálculo automático do dígito verificador da Matrícula Única, composta por 32 números, cujo principal objetivo é conferir maior segurança as certidões e aos atos do Registro Civil. A disponibilização deste sistema diretamente no site da entidade permite aos registradores civis utilizarem a página da Arpen-SP no cálculo da matrícula e posterior emissão das certidões do registro civil, e foi possível devido à parceria com o Núcleo de Desenvolvedores de Softwares para Cartórios (Núcleo-BR).

O link direto para o cálculo da matrícula também está disponível no menu lateral esquerdo do site, dentro da seção Arpen-SP.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Em 19/08/2013 19h31
Senhores  Preciso validar o numero novo de matricula das certidões de nascimento em um sistema escolar. Onde posso ter acesso ao algoritimo de cálculo. Grato pela atenção. Attenciosamente Marcos Souza
Autor: Marcos Souza
Profissão: Analista de Sistemas
Cidade - Estado: Niterói - RJ
Em 08/01/2010 20h53
O que faremos com as Certidões que foram inutilizadas? Será que seremos ressarcidos por essa perda?
Autor: Giseli
Profissão: Escrevente
Cidade - Estado: Iacri - SP
Em 05/01/2010 17h35
O que devemos fazer com as certidões que não foram utilizadas, quem vai resarcir o prejuizo dessa sobra. Vocês deveriam fazer troca já que é obrigatório a utilização do novo modelo.
Autor: Daercio rodrigues da silva
Profissão: Escrevente
Cidade - Estado: BARUERI - AC
Em 05/01/2010 17h35
Conforme comunicado da Sra Ana Kelly, parabéns, pois tbém levei um preju muuuuuuuiiiiittttoooo grande, com P.Segurança, ainda vem o boleto da Associação e pro cima essa gráfica JS, pra mim NÃO VALE NADA????? Uma burocracia danada, pois aconteceu uma falta de um pgto de selos que pedir na 3ª remessa de 2000, pois a ARpenSP, diz que podemos pedir 500 aos cartórios deficitários como o meu, ai é o problema não manda só entrega 500 se for buscar até a frabica em Campinas, onde fica a 380 Km é muito preju para nós, é igual a fraz "SE CORRER O BICHO COMO E SE FICAR O BICHO PEGA" Ano 2010 é bom que começou muito rigoroso e perdas de tudo, logo vem os selos de Firmas etc......
Autor: Fárley Galego Arroio
Profissão: Of. Tab.designado
Cidade - Estado: Campos Novos Paulista - SP
Em 05/01/2010 13h22
É tudo um absurdo!!! tenho que pagar 238,00 nos novos impressos, além de 400,00 na atualização do meu programa e, sem contar as fls. que sobraram do modelo anterior e quase perdendo a serventia p/ o concurso... mas Deus é maior...
Autor: Valdete
Profissão: Oficial designada
Cidade - Estado: Palmeira d'Oeste - SP
Em 30/12/2009 19h12
Cara Christiane, o nº da matrícula sempre será o mesmo, pois as informações inseridas no programa gerador serão sempre as mesmas. Eu penso ser melhor anotar o nº ao lado do termo.
Autor: Julio Cesar
Profissão: Oficial Registrador
Cidade - Estado: Carapicuíba - SP
Em 30/12/2009 16h04
Nas 2 vias sera gerada uma matricula para a certidão e teoricamente não mudara mais, temos que anotar o nº desta matricula nos livros ao lado do termo, ou sempre que for gerada uma 2ª via o nº da matricula muda?
Autor: Christiane
Profissão: Escrevente
Cidade - Estado: Santa Mercedes - SP
Em 22/12/2009 14h14
Acontece que fora os $238,00 que vamos ter que pagar pelos "novos" impressos que de novo não tem quase nada, aqui na minha região terei que pagar a atualização do programa que uso no valor de $350,00, sem ao menos saber se vou ficar no cartório. ISSO QUE É PRESENTE DE NATAL!!!!!!c
Autor: Milena Taroco Justo Silva
Profissão: Interina
Cidade - Estado: Palestina - SP
Em 17/12/2009 16h29
Concordo com os colegas, haja visto que sempre ficamos no prejuizo tanto com certidões como com selos. Além do mais temos que advinhar a quantidade mais exata possível de consumo para minimizarmos as perdas. Quanto ao impresso no inicio estava indo bem, padronização nacional, depois obrigaram aqueles que ja tem impresso de segurança a utiliza-los, ou seja, ja era o padrão nacional . A matricula unica é uma otima ideia, nas 2 vias sera gerada uma matricula para a certidão e teoricamente não mudara mais. Ainda cabe observar que a Corrgedoria deverá emitir provimento atualizando as normas de serviço para as novas regras. Quanto ao calculo do digito verificador a base para calcula-lo é a mesma do CPF (acha-se metodologia na net) com as devidas adaptações (mais digitos). O programa do CNJ é mais facil pq não precisa estar online. Eu mesmo estou alterando meus programas de nascimento, casamento e obito, emissão de 2ª vias que desenvolvi e uso para o novo sistema. Estou estudando a possibilidade de disponibiliza-lo gratuitamente na net para os colegas que se interessarem, mas haverá a necessidade de um programador adaptar para cada serventia (designação, oficial, etc..). Finalmente esperemos que isso venha a melhorae e facilitar nosso trabalho que ja é bastante exaustivo com as exigencias e alterações que vem ocorendo nos ultimos anos. Abraços aos colegas bom Natal e um otimo Ano Novo
Autor: Alexandre
Profissão: Oficial
Cidade - Estado: Bauru - SP
Em 15/12/2009 17h32
Acho melhor usar o programa gerador do CNJ pois podemos utilizá-lo sem estar conectado a internet. Ah, só para desabafar: acabamos de receber nosso presente de Natal: uma fatura de R$ 238,00 referente aos novos papéis de certidão... Somando com R$ 170,00 que vamos perder com os papéis que serão inutilizados em 01/01/2010 começaremos o ano novo com um "preju" de R$ 408,00!!!!!!! Que bom né!!!!!!!i
Autor: Ana Kelly
Profissão: Escrevente
Cidade - Estado: Natividade da Serra - SP
Em 14/12/2009 14h35
A Arpen tem de disponibilizar o download do tal programa gerador de matrícula, uma vez que qualquer problema (ainda que temporário) no acesso a internet pode impedir o cálculo da matrícula única.
Autor: Kelly
Profissão: Oficial de Registro
Cidade - Estado: Conchas - SP
Em 11/12/2009 11h55
No caso da emissão de segunda via de certidões, o nº da matrícula teremos que coloca-lá em um campo determinado do termo, para novas certidões? Correto! Sem maiores implicações quanto alteração de um ato registrado anteriomente.
Autor: Gilberto Fernandes Marconcini
Profissão: Oficial
Cidade - Estado: TRÊS FRONTEIRAS-SP - SP
Deixe seu comentário
 
 
99236

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 64.511.255
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Audiência no TJES define cartórios em que vão atuar candidatos aprovados em concurso

LEIA MAIS