Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Notícias do Diário Oficial - Especial 6º Concurso

Publicado em: 07/04/2010
DICOGE 1.1

PROCESSO Nº 2010/29979 - SÃO PAULO - ANDREA SANTOS GIGLIOTTI
DECISÃO:
Tendo em vista o parecer de fls. 06/09 e considerando o fato da candidata ANDREA SANTOS GIGLIOTTI haver renunciado antes de entrar em exercício no prazo estabelecido, torno sem efeito a outorga e a investidura relativas à delegação correspondente ao Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelião de Notas do Município de Pedra Bela, da Comarca de Bragança Paulista, delegação esta que, assim, permanecerá vaga e manterá a mesma posição que apresentava na lista de vacância ao ser publicado o edital do "6º Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de São Paulo - Delegações de Registro Civil das Pessoas Naturais", notadamente quanto a número de ordem e critério de ingresso. Faço-o com observância do art. 18, § 2º, do Provimento nº 612/98; do art. 37, § 2º, da Portaria Conjunta nº 3.892/99; do art. 16, § 2º, da Resolução nº 81, de 09 de junho de 2009, do C. Conselho Nacional de Justiça; e do subitem 6.3 do Capítulo I das Normas do Pessoal dos Serviços Extrajudiciais, da E. Corregedoria Geral da Justiça. Publique-se. São Paulo, 29/3/10 - (a) ANTONIO CARLOS VIANA SANTOS - Presidente do Tribunal de Justiça.

PROCESSO Nº 2010/27375 - SÃO PAULO - ELIANE MAZZUCCO GIOPPO
DECISÃO:
Tendo em vista o parecer de fls. 21/26 e considerando o fato da candidata ELIANE MAZZUCCO GIOPPO haver renunciado antes de entrar em exercício no prazo estabelecido, torno sem efeito a outorga e a investidura relativas à delegação correspondente ao Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelião de Notas do Município de Álvares Machado, da Comarca de Presidente Prudente, delegação esta que, assim, permanecerá vaga e manterá a mesma posição que apresentava na lista de vacância ao ser publicado o edital do "6º Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de São Paulo - Delegações de Registro Civil das Pessoas Naturais", notadamente quanto ao número de ordem e critério de ingresso. Faço-o com observância do art. 18, § 2º, do Provimento nº 612/98; do art. 37, § 2º, da Portaria Conjunta nº 3.892/99; do art. 16, § 2º, da Resolução nº 81, de 09 de junho de 2009, do C. Conselho Nacional de Justiça; e do subitem 6.3 do Capítulo I das Normas do Pessoal dos Serviços Extrajudiciais, da E. Corregedoria Geral da Justiça. Publique-se. São Paulo, 05/4/10 - (a) ANTONIO CARLOS VIANA SANTOS - Presidente do Tribunal de Justiça.

PROCESSO Nº 2010/28454 - SÃO PAULO - DANIEL PAES DE ALMEIDA
DECISÃO:
Tendo em vista o parecer de fls. 05/08 e considerando o fato do candidato DANIEL PAES DE ALMEIDA haver renunciado antes de entrar em exercício no prazo estabelecido, torno sem efeito a outorga e a investidura relativas à delegação correspondente ao Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelião de Notas do Município de Itapirapuã Paulista, da Comarca de Apiaí, delegação esta que, assim, permanecerá vaga e manterá a mesma posição que apresentava na lista de vacância ao ser publicado o edital do "6º Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de São Paulo - Delegações de Registro Civil das Pessoas Naturais", notadamente quanto ao número de ordem e critério de ingresso. Faço-o com observância do art. 18, § 2º, do Provimento nº 612/98; do art. 37, § 2º, da Portaria Conjunta nº 3.892/99; do art. 16, § 2º, da Resolução nº 81, de 09 de junho de 2009, do C. Conselho Nacional de Justiça; e do subitem 6.3 do Capítulo I das Normas do Pessoal dos Serviços Extrajudiciais, da E. Corregedoria Geral da Justiça. Publique-se. São Paulo, 05/4/10 - (a) ANTONIO CARLOS VIANA SANTOS - Presidente do Tribunal de Justiça.

Fonte: Diário Oficial

Notícias Relacionadas

30/04/2010 - Notícias do Diário Oficial - Especial 2º Concurso
30/04/2010 - Notícias do Diário Oficial - Especial 3º Concurso
30/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
29/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
28/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
27/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
26/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
23/04/2010 - Notícias do Diário Oficial - Especial 6º Concurso
23/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
22/04/2010 - Notícias do Diário Oficial - Especial 6º Concurso
22/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
22/04/2010 - Notícias do Diário Oficial - Especial 6º Concurso (20.04)
22/04/2010 - Notícias do Diário Oficial (20.04)
19/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
16/04/2010 - Notícias do Diário Oficial - Especial 6º Concurso
16/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
15/04/2010 - Notícias do Diário Oficial - Especial 6º Concurso
15/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
14/04/2010 - Notícias do Diário Oficial - Especial 6º Concurso
14/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
13/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
12/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
12/04/2010 - Notícias do Diário Oficial (09.04)
08/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
07/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
06/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
05/04/2010 - Notícias do Diário Oficial
01/04/2010 - Notícias do Diário Oficial

Em 10/04/2010 15h05
Maria, minha mulher também foi demitida pela antiga designada pois a atual Oficial não teve coragem de olhar nos olhos dela e a demitir. A pressa fez com que pessoas despreparadas assumissem as serventias. Em Pariquera-açu a Oficial mudou o Cartório para uma área de enchente mesmo sabendo de uma possivel enchente atingir o acervo. A pressa deu nisso.
Autor: Maurilio Petri de Gasperi
Profissão: Técnico
Cidade - Estado: Pariquera-açu - AC
Em 10/04/2010 15h05
Concordo com você Paulo. Em Pariquera-açu assumiu uma oficial que não sabe nada mas fez com que a antiga designada mandasse a escrevente embora antes de assumir o Cartório. Esta Oficial está espantando as pessoas que querem fazer escrituras para outras cidades devido não saber lidar com o público e achar que sabe tudo. Como você disse vamos ver quanto tempo aguenta aqui em Pariquera-açu. Só fundão não paga as contas do Cartório.
Autor: Maurilio Petri de Gasperi
Profissão: Técnico
Cidade - Estado: Pariquera-açu - TO
Em 10/04/2010 15h05
Fico muito triste ao observar as desistências. Todavia, isso não justifica que o concurso tenha sido um fracasso e muito menos pode ser usado como um argumento a favor da "interinidade". O Tribunal não faz o concurso porque quer, mas porque deve, porque é um mandamento da Constituição, que não pede, que não dá conselhos, mas que simplesmente ordena que as provas sejam realizadas. E, nesse sentido, o Tribunal de São Paulo sempre foi exemplar. Considero uma injustiça e até uma imoralidade toda e qualquer crítica negativa com relação àqueles quem cumprem os mandamentos constitucionais e que estão agindo de acordo com a legalidade, com a moralidade. Concurso é uma conquista democrática. Não aceitar esse fato é não saber as regras do jogo. Os interinos devem buscar manter a continuidade do serviço público somente. É algo sabidamente temporário. Quem busca ser um titular de serviço extrajudicial, deve fazer concurso. É o único meio, diga-se de passagem o mais justo. Todos querem ganhar medalhas, mas nem todos estão dispostos a treinar a quantidade e a intensidade necessárias para tal.
Autor: Guilherme
Profissão: Registrador
Cidade - Estado: Nuporanga - SP
Em 08/04/2010 17h43
Sr. Dr. Nalini, ainda muitos concursados vão desistir, espere só para ver. Nós já tivemos como exemplo o estado do paraná, que mais de 50% desistiram e ainda voce, quiz apostar neste concurso besta. E ainda tem mais, os que pegaram não tem experiencia alguma. De imediato 98 cartórios não foram escolhidos, outros desistiram mesmo ainda sem assumir e agora vem o pior, assumiram, estão vendo que na realidade não é o pensaram e tem mais contavam com o fundo, mas não contavam com as despesas que um cartório possui. Gostei Sr. Nalini, acho pouco para o Sr. e a toda a sua cúpula, que nunca deu a minima para os interinos..... Cadê os 6000 mil candidatos ao concurso tão esperado por vossa senhoria?
Autor: Paulo
Profissão: Interino desempregado
Cidade - Estado: Interior - SP
Em 08/04/2010 12h59
Porque não houve renúncia na investidura dos grandes cartórios? Eu adoraria assumir um deles interinamente, uma vez que, tenho 38 anos de serviço, dos quais, 17 "tapando buracos", trabalhando verdadeiramente, basta ver o último trabalho por mim prestado em grande esfera, o "Projeto Paternidade Responsável", cujo relatório foi enviado a Corregedoria Geral da Justiça e Sinoreg.e
Autor: Cleide Kisser de Camargo Roccon
Profissão: "do lar"/ em exercício na finção de escrevente até 19/03/201
Cidade - Estado: Interior - SP
Em 07/04/2010 15h51
Muitas renuncias aínda virão. Candidatos escolheram as serventias sem saber o que estavam escolhendo, tal a pressa de investi-los. Agora estão aí de novo criando novos interinos, que com certeza ficarão anos e anos como os outros. E esses novos designados serão os futuros desempregados, quando, oxalá, for realizado outro concurso.
Autor: Roberto
Profissão: Escrevente
Cidade - Estado: São Paulo - SP
Em 07/04/2010 13h03
É sr. Nalini, voce fez este concurso tudo correndo, deu no que deu. Candidatos que passaram, não tiveram o tempo suficiente para a escolha, porque vossa senhoria teve medo da PEC., ou talvez não foram bem esclarecidos,na bomba que iram pegar. Olha aí concursados desistindo até antes de assumirem..... Voce nunca deu o devido valor aos interinos, agora talvez voce precise deles para poder assumirem a vacancia novamente, ou senão será mais comodo para vossa senhoria, anexar estes pequenos cartórios, aos da sede... É por aí que nosso judiciário age..... Por isso que nossa justiça está uma verdadeira mixórdia.......
Autor: Maria
Profissão: Desemprega pelo ultimo concurso
Cidade - Estado: Interior paulista - SP
Em 07/04/2010 12h42
CONCURSEIROS DO BRASIL. A PESSOA É APROVADA NO CONCURSO, ESCOLHE O CARTÓRIO E RENUNCIA. DEVERIA SER VEICULADO O MOTIVO DA RENUNCIA. EX: CARTÓRIO GRANDE, CARTÓRIO RENDOSO OU CARTÓRIO PEQUENO, CARTÓRIO SEM RENDA, ETC......
Autor: JORGE
Profissão: Escrevente
Cidade - Estado: Franca - SP
Deixe seu comentário
 
 
340954

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 129.315.794
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Notícias do Diário Oficial

LEIA MAIS