Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Menina mexicana é registrada como "Breksit" após referendo no Reino Unido

Publicado em: 28/06/2016
Uma menina nascida na sexta-feira foi registrada pelos pais como "Breksit" no estado de Tabasco, no sudeste do México, um dia após o Reino Unido realizar um referendo no qual os britânicos votaram por abandonar a União Europeia (UE), ação que ficou conhecida como "Brexit".

Em uma fotografia da certidão de nascimento original que circula nas redes sociais e pela imprensa local é possível observar "Breksit" como nome próprio da recém-nascida e que a data de registro é 24 de junho de 2016. Os outros dados estão ocultos.

O termo "Brexit" é uma abreviatura das palavras em inglês british (britânico) e exit (saída), em referência ao movimento que apoiava a saída britânica da UE, lado que ganhou com 51,9% dos votos no referendo.

A ampla divulgação do termo chegou aos pais da menina, que decidiram registrar a filha com uma adaptação do nome: Breksit.

No México existem diversas regulações sobre o registro dos nomes próprios. O artigo 58 do Código Civil para a capital afirma que "o juiz do Registro Civil aconselha a quem registrar o menor que o nome próprio a ser usadi não seja pejorativo, discriminatório, infame ou denegrinte".

No estado de Sonora, o Registro Civil publicou em 2014 uma lista de nomes proibidos de serem usados para o registrar de crianças, entre eles "Facebook", "Twitter" e "Robocop".

Desde 2007, em Coahuila, Baja California Sur, Chihuahua, Durango, Jalisco, Querétaro, Quintana Roo e San Luis Potosí, o Código Civil foi modificado para proibir os pais de usarem nomes pejorativos ou que possam ser ridículos para registrar os filhos.

Nos demais estados do México há plena liberdade dos pais para nomearem os filhos de qualquer maneira e usar até 10 nomes.

Fonte: Portal Terra
Deixe seu comentário
 
 
504753

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539
E-mail: arpensp@arpensp.org.br

Nº de Visitas: 150.090.820
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Juiz de paz celebra casamentos e ainda canta no cartório do Colorado (DF)

LEIA MAIS