Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Eventos

Araçatuba realiza a 8ª edição do Curso de Grafotécnica Digital da Arpen-SP
Sessão de Fotos Relacionada: Araçatuba realiza a 8ª edição do Curso de Grafotécnica

No último sábado (14.06), a calorosa cidade de Araçatuba, no interior paulista, recebeu a presença de Oficiais de Registro Civil e Tabeliães de Notas de toda a região para assistir à 8ª edição do Curso de Grafotécnica, promovido pela Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP).

Os 70 inscritos lotaram o salão do Hotel Riviera, local onde foi realizado o evento, para assistir a palestra ministrada pelo perito em documentoscopia Luiz Gabriel Costa Passos, que tem mais de 30 anos dedicados a perícia de documentos.

Abrindo o curso, a diretora regional de Araçatuba, Sílvia Guarinon Corrêa Lodi, comentou sobre a importância do evento para a atividade registral e sobre o diferencial do curso. "Este curso é bastante específico e muito válido para a classe, pois contribuirá bastante com nossas atividades cotidianas. Seremos agraciados com dicas sobre documentoscopia, o que é uma novidade deste curso".

Na apresentação, o professor de documentoscopia salientou que atualmente há um aumento das fraudes por conta dos equipamentos de informática. "Tornou-se muito fácil a digitalização de uma assinatura. O produto final hoje é ótimo". Ele lembrou que há muita diferença entre um trabalho especializado de perícia e o das serventias. "Vocês precisam estar preparados para avaliarem as falsificações mais grosseiras. O processo tem que ser rápido e não pode ser superficial".

A primeira parte do curso abordou técnicas de análise de assinaturas para verificação de autenticidade, incluindo características como forma, traçado e movimento da escrita. Em um segundo momento, Passos ofereceu elementos materiais para a definição de falsificações grosseiras de documentos como o Registro Geral e a Carteira Nacional do Trânsito.

Durante a exposição, o professor ressaltou a importância de se manter o compromisso profissional acima de tudo, fazendo uma distinção entre amigos e clientes. "Não é porque fulano de tal é seu amigo, que não precisa conferir a assinatura. É necessário conferir o cartão sempre, independente de quem seja o cliente".

"Esse curso condiz com a realidade do interior. De maneira muito gostosa, o professor está dando dicas importantes para os cartorários", concordou a diretora regional durante o intervalo. "O curso representa uma vitória para a região. Ele contribui para uma mudança de cultura da comunidade, incentivando a busca permanente de atualização e aprimoramento", completa.

"A Arpen-SP está de parabéns por possibilitar esse curso no interior do estado. Chama a atenção para a necessidade dos oficiais e desperta o interesse pelo aperfeiçoamento profissional. Muitos aqui não teriam condições para acompanhar este curso na Capital. Dessa forma a Arpen-SP consegue atingir mais pessoas para o aprimoramento do atendimento ao público", reforça o escrevente da serventia Florentino Corrêa Lodi.

Opinião compartilhada por todos os participantes. "Sem dúvida, a partir desse curso temos mais segurança no desempenho de nosso trabalho", completou o Oficial do Registro Civil e Notas de Guzolândia, Jorge Luiz Tieni, que compareceu ao curso junto com sua substituta, Josimara Tasca.

O curso, direcionado aos oficiais do Registro Civil, contou com a participação de outras especialidades, como os escreventes Rafael Aparecido Tigre Custódio e Ana Paula de Castro, ambos do cartório de Registro de Imóveis e Anexos de General Salgado, que procuraram o curso para aperfeiçoar as técnicas utilizadas no dia- a dia. "Em minha opinião, todos deveriam fazer este curso, independente se são de cartórios de registro civil, notas ou outra especialidade", revela Ana Paula.

Tabelião designado no 3º Cartório de São José do Rio Preto, Carlos Alberto de Souza Sevilhano ficou sabendo do curso por meio de um colega e fez questão de proporcionar o curso a toda sua equipe, formada por 14 funcionários. "Parte da equipe já fez o curso em Barretos, estamos em nove aqui para o curso. Acho extremamente válido, não somente pelo diferencial abordado, mas também para os próprios profissionais entenderem a importância de seus trabalhos", revela Sevilhano.

Ruteli Esmeria de Castro Cardoso, aprovada no último concurso, também participou do curso em busca de aperfeiçoamento. A Oficiala do cartório de Registro Civil de General Salgado achou o curso bastante proveitoso. "O palestrante é excelente. O curso é mais do que necessário, não somente pela nossa obrigatoriedade de conferir assinaturas, mas para o aprimoramento de nossa profissão. Estou aprendendo diversos 'macetes'", revelou.

Fabrício Marchi de Brito, do cartório de Registro Civil de Fernandópolis, concordou. "Este curso tem um diferencial, ele complementa todos os outros que já fiz. Busco aprimorar toda a equipe por meio de cursos como este que possibilita mais segurança em relação ao trabalho diário".

O escrevente do cartório de Registro Civil de Auriflama Willian José Alves Xavier comentou que o curso é essencial para o bom desempenho de seu trabalho. "Também é uma oportunidade para descobrirmos novas apitidões", completou. "O curso é mais um periférico para nossa caminhada, buscamos o aperfeiçoamento de toda a equipe para prestar um serviço de qualidade à população. A Arpen-SP está de parabéns", afirmou a Oficiala Liliana Elvira Canhada Gonçalves Pontes.

"O serviço prestado pelos cartórios de registro civil precede qualquer ato praticado pelo cidadão, por isso é tão importante que o funcionário saiba identificar a veracidade de assinaturas e documentos, 'olhar com responsabilidade'", finalizou Passos.

Participaram da 8ª edição do curso de Grafotécnica Digital os cartórios dos municípios de Alto Alegre, Araçatuba, Auriflama, Avanhandava, Bastos, Bilac, Birigui, Buritama, Coroados, Fernandópolis, General Salgado, Guzolândia, Iacri, Ilha Solteira, Mirandópolis, Penápolis, Piacatu, Promissão, São José do Rio Preto e Valparaíso.


Deixe seu comentário
 
 
294545

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 128.029.324
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP