Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Eventos

Cartório Itinerante vai a Borá, o menor município brasileiro
Sessão de Fotos Relacionada: Cartório Itinerante vai ao menor município brasileiro

Unidade móvel da Arpen-SP esteve na cidade de Borá, na regional de Marília, em busca de crianças que ainda não possuam certidão de nascimento.

Cumprindo a quinta etapa do programa Sub-Registro Zero no Estado de São Paulo, o Cartório Itinerante da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP) esteve no último dia 14 de junho na cidade de Borá, o menor município brasileiro, com 800 habitantes, em busca de crianças que ainda não possuíam o registro civil de nascimento.

A ação, que contou com a participação e envolvimento total do Oficial de Registro Civil Belmiro Benazzi Filho, cumpre cronograma estabelecido pela Associação com base em dados estatísticos fornecidos pela Fundação Seade, que apontou os municípios paulistas que ainda não erradicaram o sub-registro de nascimento, estimado pela entidade estadual como de 1,4%, um dos menores índices do País.

Em Borá, a Arpen-SP contou com o total envolvimento do Oficial do cartório, que realizou uma verdadeira mobilização na cidade, salientando a toda à população a importância do registro civil de nascimento, com a distribuição de panfletos e a realização de atividades que chamaram a atenção dos habitantes da pequena cidade interiorana: a presença da orquestra sinfônica de Paraguaçu Paulista e um show da dupla sertaneja João Vítor e Silvano Viola.

O evento em Borá contou ainda com o apoio do Tabelionato de Notas e Protesto e do cartório de Registro de Imóveis e Anexos da cidade de Paraguaçú Paulista. Representando a Arpen-SP, o Oficial de Marília e diretor da regional, Antônio Francisco Parra, esteve prestigiando o evento na cidade.

"Ainda hoje há a necessidade de ações como esta", disse Belmiro Benazzi Filho. "Infelizmente há pessoas que ainda não estão preocupadas em tirar sua documentação civil básica", explicou. "A presença do cartório itinerante é uma novidade, incentiva as pessoas e é uma ação que não pode deixar de ser realizada. Temos que trabalhar com afinco para erradicar o registro de nascimento no Estado de São Paulo", completou.

Para o diretor regional de Marília, "é muito importante a realização deste trabalho, porque o registro civil vai de encontro ao cidadão sem condições", disse. "Quando o ônibus vem até a região, abre-se a possibilidade do cidadão exercer a sua cidadania", afirma. "Por iniciativas como esta é que a Arpen-SP está de parabéns, pois se preocupa com o cidadão e também com a capacitação dos Oficiais do interior, com a implantação de cursos relacionados à nossa atividade", finalizou.

Prestigiando o evento, o prefeito de Borá, Nélson Celestino Teixeira, elogiou a iniciativa. "Eu acredito que por ser o menor município do Estado, o povo não tinha conhecimento da importância do trabalho realizado pelos cartórios", afirmou. "Hoje realizamos um registro aqui no cartório itinerante e, em Borá, todo número é um número considerável", finalizou.

Além de um registro de nascimento, foram realizados dois pedidos de segunda via de certidões.


Deixe seu comentário
 
 
375377

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 129.298.223
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP