Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Eventos

Regional de Presidente Prudente recebe a 13° edição do curso de Grafotécnica Digital
Sessão de Fotos Relacionada: Regional de Presidente Prudente recebe a 13° edição do curso

Curso levou cerca de 60 pessoas ao auditório do Aruá Hotel e capacitou funcionários a realizarem o curso de agentes de registro.

Cumprindo seu cronograma de capacitação de funcionários de cartórios para tornarem-se aptos a realizar o curso de agentes de registro, a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP) promoveu neste sábado (19.07), no Aruá Hotel, na cidade de Presidente Prudente, a 13ª edição do curso de Grafotécnica Digital, capacitando os funcionários de cartórios na prestação de um serviço cada mais ágil e seguro à população.

O evento foi promovido e organizado pelo diretor regional de Presidente Prudente, Plínio Alessi, também Oficial do cartório de Registro Civil da cidade. "É imprescindível um curso como este, haja vista a preocupação que temos todos os dias com a criminalidade. Além do fato de que sempre precisamos nos atualizar, renovar os nossos conhecimentos. E esse curso traz uma clareza tamanha que fica fácil identificar se alguém está querendo nos enganar.", afirmou o diretor.

Ministrado pelo professor Luiz Gabriel Costa Passos, o curso foi elaborado com o objetivo de preparar os Oficiais, Substitutos, escreventes e auxiliares para tornarem-se aptos a realizarem posteriormente o curso de formação de "agentes de registro", bem como capacitar, especializar e esclarecer os participantes sobre as principais características da identificação de documentos. "Eu preparei o curso pensando no dia-a-dia das serventias, de maneira a torná-lo mais usual, ou seja, o mais próximo possível da realidade dos cartórios. Mas não significa que ele não seja teórico. Eu digo sempre durante os cursos que ele não é para peritos, e sim para uma verificação rápida, por isso ele tem que ser prático", revelou o palestrante.

"Um curso como este é muito importante porque, além de transmitir muito mais segurança para a prática do dia-a-dia no balcão do cartório, ele é bastante completo. Principalmente porque, do jeito que está hoje, com todo mundo falsificando tudo. Sem contar que o professor foca detalhes que às vezes passam despercebidos e que contribuirão muito para identificarmos possíveis fraudes", afirmou Cláudia Silveira Rafael, Oficiala responsável pelo cartório de Registro Civil e Notas de Emilianópolis, que fez o curso pela segunda vez.

A mesma opinião foi compartilhada pela Oficiala de Registro Civil e Notas de Santo Expedito, Josiane Rodrigues de Oliveira Rezende, que já havia feito o curso de grafotécnica. "Sem dúvida o curso é bastante completo e detalhista. No dia-a-dia a gente deixa passar muitas coisas que vemos aqui, no curso, e que são muito importantes. O professor tem uma ótima didática e facilita muito o aprendizado. Do jeito que ele explica fica fácil de entender e aprender", destacou.

Na primeira parte do curso, as 56 pessoas que compareceram ao evento aprenderam técnicas básicas de verificação de assinaturas, como diferenças de formas, traçado e dinamismo da escrita. "A evolução da escrita mostra diferentes características no desenvolvimento das letras", lembrou Passos.

O professor ressaltou também as diferenças entre o trabalho de perito e as obrigações dos cartórios. "Falsificações grosseiras são detectadas pelo cartório por meio da análise das formas, traçado e dinamismo da letra. A falsificação de boa qualidade só o perito tem qualificação e obrigação de determinar. O perito tem que verificar o perfil gráfico da pessoa. Colhe de 20 a 30 assinaturas para dar um veredicto", disse Passos.

Já a segunda parte do curso abordou técnicas de verificação de documentos, como RG e CNH, e ressaltou diferenças entre os papéis emitidos em cada estado brasileiro, novidade para muitos participantes.

O Oficial do cartório de Registro Civil de Garça, Telêmaco Luiz Fernandes, que participou pela primeira vez de um curso de Grafotécnica, aproveitou para tirar dúvidas. "Vai mudar bastante a rotina da serventia. Abriu bem a cabeça da gente pra ver como funcionam as documentações. Acredito que consegui alcançar o meu objetivo, já que prezamos pela segurança do cartório. E o professor é sensacional. Eu também fui professor e sei o que digo. O Dr. Luiz possui uma didática espontânea, que prende a nossa atenção", contou Fernandes.

Para Gustavo Techi Ferracioli, auxiliar do Tabelião de Notas e Protestos do 4º Subdistrito de Presidente Prudente, o curso foi muito importante não só para dar segurança ao trabalho do dia-a-dia, mas, também, para aprimorar seus conhecimentos. "O curso foi excelente. Pude esclarecer dúvidas e aprender muitas técnicas, já que meu objetivo é me aperfeiçoar e, quem sabe, um dia me tornar escrevente. O professor explica muito bem. Surpreende a todos por gravar os nomes de todos, o que deixa a pessoas mais atenta para o curso", falou Ferracioli.

O professor finalizou o curso agradecendo a participação de todos. "É muito gratificante saber que as pessoas estão gostando do curso. É mais ainda quando tomo o conhecimento de que muitos oficiais fizeram o curso mais de uma vez. É um prazer indescritível porque eu preparo cuidadosamente o curso e com muita atenção. Eu me sinto como se estivesse dando de beber a quem tem sede. Agradeço a Arpen-SP pela experiência", finalizou Passos.

Participaram desta 13ª edição do curso de Grafotécnica Digital, os cartórios de Alfredo Marcondes, Anhumas, Dracena, Emilianópolis - 1º Registro Civil e Notas, Estrela do Norte - 1º Registro Civil e Notas, Garça, Junqueirópolis, Lupércio - 1º Registro Civil e Notas, Narandina - 1º Registro Civil e Notas, Nova Guataporanga, Pacaembu, Panorama, Piquerobi - 1º Registro Civil e Notas, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Presidente Prudente - 1º Tabelião de Notas e Protesto, Presidente Prudente - 3º Tabelião de Notas e Protesto, Presidente Prudente - 4º Tabelião de Notas e Protesto, Presidente Venceslau, Presidente Venceslau - 1º Tabelião de Notas e Protesto, Sandovalina - 1º Registro Civil e Notas, Santo Anastácio, Santo Expedito - 1º Registro Civil e Notas, Tarabai - 1º Registro Civil e Notas, Regente Feijó.


Deixe seu comentário
 
 
397515

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 126.734.722
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP