Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Lançamento de livro “Consequencialismo no Judiciário” destaca importância dos cartórios para desafogar Justiça

Publicado em: 15/04/2019
Foi lançado na última sexta-feira (12.04) na Livraria da Vila, na capital paulista, o livro “Consequencialismo no Judiciário”, obra coordenada pelo jurista e professor Ives Gandra da Silva Martins, pelo ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo José Renato Nalini e pelo advogado, professor e ex-secretário municipal de Educação de São Paulo, Gabriel Chalita.


A obra se debruça em propiciar uma reflexão a respeito da exagerada busca do Judiciário, que não reveste apenas o aspecto de termômetro democrático e evidencia que as instituições brasileiras estão a funcionar, mas pode espelhar um quadro patológico.

José Renato Nalini dissertou que esta obra reflete bem o que ele pensa sobre a importância de se extrajudicializar os processos, principalmente através dos cartórios. “Sempre fui um defensor da transferência de atribuições do Poder Judiciário para a esfera extrajudicial, principalmente para os cartórios, que têm se mostrado muito competentes na prestação de seus serviços, e tudo isso sem custar um centavo aos cofres públicos, cumprindo com zelo aquilo que está definido no artigo 236 da Constituição Federal”, afirmou.


Já Gabriel Chalita salienta o grande número de processos na Justiça e que todas as formas de desafogar o judiciário são pertinentes, sendo os cartórios excelentes opções para tal. “Toda forma de desafogar o Judiciário é válida, principalmente num país de 280 milhões de habitantes e que tem mais de 100 milhões de processos parados na Justiça. Assim sendo, destaco principalmente os cartórios neste meio, pois a segurança jurídica que eles trazem e por suas obrigações, os colocam no patamar de reconhecimento na sociedade que alcançaram”, pontuou.

Por fim, Ives Gandra destacou que as serventias são fundamentais para a sociedade no processo de desafogamento do judiciário. “Considero que todas as atividades extrajudiciais, e ressalto aqui os cartórios, com o devido acompanhamento do Poder Judiciário, são extremamente importantes. Sendo assim, é evidente que aquilo que não for conflitual e que requer características homologatórias deve ser transferido para a seara extrajudicial, para que seja possível desafogar o Judiciário brasileiro que atualmente conta com milhões de processos”, contou.

Serviço
Livro: “Consequencialismo no Judiciário”
Coordenação: Ives Gandra da Silva Martins, José Renato Nalini e Gabriel Chalita
Páginas: 260
Editora: Foco

Fonte: Assessoria de imprensa
Deixe seu comentário
 
 
943108

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 128.115.211
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

AC BR:  Empresas do Simples Nacional devem enviar dados ao Governo digitalmente 

LEIA MAIS