Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Cartório do Jabaquara

Registro Civil das Pessoas Naturais do 42º Subdistrito da Capital - Jabaquara
 
  • Oficial:  Carlos Alvim Corrêa da Cunha

  • Oficial Substituto: Airton Caetano

  • Endereço: Av. Fagundes  Filho, 276

  • Bairro: Jabaquara

  • CEP: 03712-000

  • E-mail: cart42@uol.com.br 

  • Telefone: (0XX11) 2275-0330 ¿ 2275-0111

  • Fax: (0XX11) 2275-0330 ¿ 2275-0111

  • Horário de Funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados das 9h às 12h

  • Serviços: Nascimentos, Casamentos, Óbitos, Procurações, Autenticações e  Reconhecimento de Firmas

  •  

    ESTE CARTÓRIO CONTA COM O CERTIFICADO DE QUALIDADE DA ARPEN-SP
  • Imagens do Cartório
     
     
     
     
     
     
     
    Jabaquara
     
     
     
    História do Bairro
     
    A denominação Jabaquara vem do tupi-guarani yab-a-quar-a, que significa rocha e buraco e também Mata dos Negros Fujões. Nos tempos da escravidão era uma mata deserta que servia de abrigo aos escravos fugidos e que pertencia a uma das inúmeras sesmarias do Padre José de Anchieta, da Companhia de Jesus. A construção do Sítio da Ressaca é do século XVII como está escrito nas portas das principais residências. O local foi tombado em 1972, em 1975 o projeto CURA comunidade urbana de recuperação acelerada torna o Jabaquara em área piloto. No mesmo local está o Acervo da Memória e do Viver Afro-Brasileiro, que reúne objetos referentes à presença dos negros em São Paulo. Somente no fim do século XIX a região se popularizou, depois que a prefeitura resolveu instalar um logradouro público, o Parque do Jabaquara, para passeios e piqueniques. Entre 1886 e 1913 circularam os trens a vapor de uma pequena ferrovia que ligava Vila Mariana a Santo Amaro, e cujos trilhos foram implantados sobre uma via do antigo Caminho do Carro. Até o final da década de 1920 toda a área hoje corresponde Administração Regional do Jabaquara era escassamente povoada e apresentava características marcadamente rurais. Apenas chácaras esparsas se destacavam em meio a extensas superfícies não ocupadas. O ¿Caminho do Carro", antiga via de ligação entre São Paulo e Santo Amaro após atravessar os atuais Campo Belo e Brooklin. Podem ser considerados como marco inicial, do processo de ocupação urbana na região a abertura, em 1928, da auto-estrada Washington Luiz, ligando Vila Mariana aos loteamentos suburbanos localizados às margens da represas, bem como a instalação do aeroporto de Congonhas em 1936.

    Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
    Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
    Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

    Nº de Visitas: 130.851.023
    Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP