Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Nomes 'diferentes' garantem exclusividade no RG

Publicado em: 09/05/2016
Segundo pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Censo 2010 indica que os nomes mais utilizados pelos brasileiros são Maria e José. Em Jundiaí, apesar de a tendência ser seguida, há quem não deixe de lado a exclusividade de um nome diferente.
 
Segundo a escrevente autorizada do 1º Cartório de Registros de Jundiaí, Aparecida Eliana Basílio Calhiarana, os nomes mais utilizados para os registros nos últimos meses são Julia (Giulia), Cauã, Miguel, Pedro Henrique, Alice e Valentina. "Tem gente que coloca nomes influenciados por personagens de novelas, artistas, músicos", comenta.
 
Foi o caso de Willi Budri, 21 anos, professor de inglês. "Meu pai era fã de filmes de faroeste e tinha um personagem que se chamava Willi. Foi daí que veio o meu nome. Nunca tive problemas com o nome nem tive que dividir espaço na caderneta de chamadas da escola por isso", brinca. O professor afirma manter o estilo exclusivo quando tiver filhos.
 
Aldiane Samara Elher de Moraes, 25 anos, estudante de publicidade, vive situação diferente de Willi. "As pessoas sempre erram o meu nome. Têm dificuldades para pronunciar. Já sofri muito com isso. Agora encaro de outra forma. Para não ter erro, em vez de ditar, eu escrevo o meu nome", brinca. A moca conta que seu nome surgiu da junção de nomes de duas avós de uma aluna que o pai, professor, teve. "Foi uma forma que ele achou de homenagear", explica.
 
A dona de casa Rinovalda Fernandes Piovesan, 79 anos, sempre se sentiu exclusiva. "Quando entrei na escola, o diretor foi procurar a origem do meu nome. Não encontrou. Como é tão diferente, ninguém me chama pelo nome corretamente", conta a mulher. A curva fora do padrão de seu nome nunca chegou a atrapalhá-la.
 
Persistentes
 
De acordo com estatística de Eliana Gomes de Oliveira, escrevente autorizada e responsável pelo registro de nascimentos do 2º Cartório de Jundiaí, o nome composto iniciado por Maria foi o mais utilizado no ano passado, seguido por Davi e Artur para os meninos. "Acredito que as pessoas se inspiram nas novelas e pelos personagens mais interessantes", comenta.
 
Apesar da maior parte dos nomes registrados no Basil serem comuns, sendo Maria o preferido, com frequência de 11,7 milhões de pessoas; e José para os homens, com 5,7 milhões de pessoas; os nomes com letras em dobro como Isabelly também são utilizados, assim como Alana, Lorenzo, Nina, Krystopher, Hanna, Kiara, Emily, Tauane, Marjorie e Eloá.

Fonte: Jornal de Jundiaí
Deixe seu comentário
 
 
574095

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 126.154.372
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

TJ-RS: Casal gaúcho obtém em cartório registro de filha gerada por reprodução assistida

LEIA MAIS