Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Clipping – Portal EBC - Especialista do UNICEF fala sobre a importância de se tirar a certidão de nascimento

Publicado em: 13/02/2020
O Tarde Nacional - Amazônia desta segunda-feira (10) falou sobre a importância da certidão de nascimento. Sobre esses direitos e serviços que podem ser acessados após a criança ser registrada, Juliana Maya conversou com a chefe do escritório do UNICEF em São Luís, Ofélia Silva.

Segundo ela, "a certidão é a primeira expressão do Direito Universal que todo cidadão, ser humano tem, que é a sua própria identidade, o registro civil. Hoje já é possível que a criança saia da maternidade com o registro", assegura Ofélia, em relação aos esforços do UNICEF.

Tudo isso para evitar aquilo que acontece, com muita frequência, no interior e nas regiões mais isoladas do Brasil. Quando a criança nasce, volta para casa com os pais, mas até o deslocamento para o cartório leva-se meses e até anos.

E aquelas crianças que nascem em parto domiciliar? De acordo com a chefe do UNICEF, as políticas públicas do município devem assegurar esse direito à certidão. O agente comunitário de saúde ou o pessoal do Criança Feliz podem auxiliar neste processo também. 

De que direitos uma criança pode ser privada se não tem esta certidão de nascimento? Para Ofélia, o documento é uma porta de entrada para a cidadania. Uma criança sem registro de nascimento, se ela for beneficiária de políticas como o Bolsa-Família ou no caso da matrícula escolar, essa família vai ser prejudicada ao acesso de todos esses direitos.

Na entrevista, ela fala mais sobre o interior da Amazônia. Já que o fato desses povos não terem acesso ao registro civil causa um problema muito sério para essas famílias. "As crianças não são reconhecidas como parte da comunidade. Tem um problema sério de contagem populacional", acrescenta Ofélia.

Já imaginou não comemorar o seu aniversário? Ou ter que usar o registro do pai?

Fonte: Portal EBC
Deixe seu comentário
 
 
449234

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539

Nº de Visitas: 136.012.554
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Arpen/SP é patrocinadora Ouro do IPRA-CINDER 2020, em Portugal

LEIA MAIS