Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Eventos

Cidade de São Paulo recebe edição do Curso de Grafotécnica e Documentoscopia
Sessão de Fotos Relacionada: Curso de Grafotécnica e Documentoscopia na São Paulo

Capital paulista recebeu nova edição do curso que capacita funcionários a analisarem documentos e assinaturas.

São Paulo (SP) - A Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP) realizou neste sábado (04.05), no Novotel - Jaraguá , na Capital do Estado, mais um treinamento sobre o tema Grafotécnica e Documentoscopia aplicada à atividade registral e notarial, com a participação de oficiais e funcionários de cartórios de diversos bairros da Capital e de outros municípios paulistas.

Neste oportunidade, o curso foi ministrado pelo perito Luiz Gabriel Costa Passos, que com extrema desenvoltura conduziu os cerca de 70 participantes do treinamento pelas quase seis horas de apresentação sobre o conteúdo prático e teórico do estudos dos documentos e assinaturas, objetivando esclarecer dúvidas sobre as diversas formas de se analisar a autenticidade de documentos.

"É muito importante esse treinamento e já é a terceira vez que eu estou fazendo porque temos que sempre estar relembrando e aperfeiçoando os ensinamentos para não esquecermos e também porque os falsários estão sempre se aprimorando. O doutor Luiz Gabriel é muito didático e passa muito bem as técnicas para que consigamos pelo menos não aceitar as falsificações grosseiras. No nosso Cartório temos um volume grande de pessoas que vão fazer autenticações de firmas e sabendo identificar essas falsificações nós estaremos protegidos", afirmou a Oficiala Liana Varzella Mimary do 20º Registro Civil da Capital, no Jardim América.

O curso de Grafotécnica e Documentoscopia tem o objetivo de preparar os Oficiais, Substitutos, Escreventes e Auxiliares para tornarem-se agentes de suas respectivas Instalações Técnicas (IT's), juntamente com o curso de Formação de Agente de Registro, e pretende ainda capacitar, especializar e esclarecer os participantes sobre as principais características da identificação de documentos.

"Esse treinamento vai nos ajudar bastante, pois teremos mais facilidade para identificarmos os documentos sozinhos, sem precisarmos recorrer sempre ao nosso superior, facilitando o trabalho de todos. O palestrante dá muita atenção aos detalhes e explica muito bem, por isso estou gostando bastante", contou a escrevente Fabiana Souza Pereira, do 35º Registro Civil da Capital, na Barra Funda.

O palestrante iniciou o treinamento abordando os conceitos e fundamentos da Grafodocumentoscopia, os documentos de segurança e a definição de segurança documental. Em seguida, abordou as ações envolvendo fraudes documentais: a contrafação, reprodução total de um documento, e a adulteração, que consiste na troca dos elementos dos documentos originais por outros.

"É um curso muito importante porque diariamente chegam vários documentos replastificados que nós temos dificuldade em explicar para o cliente porque não podemos aceitar e que agora sabemos como explicar. O palestrante tem um jeito fácil e descontraído de passar esses conhecimentos o que facilita muito para nós que estamos aprendendo", disse a escrevente Tamires Santos Silva do 30º Registro Civil da Capital, no Ibirapuera.

"O treinamento é muito proveitoso para inibirmos as falsificações grosseiras, embora não saiamos daqui peritos, estaremos preparadas para a grande maioria de casos que chegam até nós e o palestrante é excelente com ótima dicção e domínio do tema", disse Oficial Substituto Ricardo Sílvio de Souza do 20º Registro Civil da Capital, no Jardim América.

Como novidade, o professor apresentou aos participantes as novidades na área de identificação com o uso das novas tecnologias da informação, como o projeto de identificação nacional que pretende, através da criação de um arquivo nacional forte e permanentemente monitorado, combater a falsidade ideológica com a emissão de documentos de identidade que possam ser verificados eletronicamente em qualquer ponto do País.

O palestrante também destacou os detalhes sobre cada um dos documentos de identificação, os materiais e as formas utilizados na sua falsificação e as maneiras de analisá-los para que seja evitada a fraude documental. "Luiz Gabriel é uma pessoa que tem uma ótima didática, que explica tudo de forma bem elucidativa. É sempre muito importante realizarmos a reciclagem de nosso conhecimento através da observação de documentos a olho nu. Ele apresenta várias nuances importantes que nós devemos por em prática no dia a dia. Eu já havia realizado o curso de pós-graduação com o professor e é com grande prazer que estou aqui novamente", contou o Oficial do 9º Registro Civil, na Vila Mariana, João Baptista Marteletto.

Para finalizar, após o intervalo, Luiz Gabriel apresentou diversas técnicas de comparação de assinaturas, através de métodos de grafotécnica que comparam as várias diferenças que podem existir entre letras, além de abordar a questão das assinaturas digitais e elogiou o desempenho dos participantes.

"A turma dessa edição do curso estava muito interessada, com muita vontade de participar e fazer perguntas. Quando se está na frente, perceber que o pessoal está todo atento é muito importante e pelos comentários no intervalo deu para perceber a necessidade e a importância que eles dão a esse curso, então mais uma vez estamos aqui tentando auxiliá-los dentro desse universo notarial e registral no sentido de coibir tanto quanto possível as fraudes, finalizou o professor Luiz Gabriel.

Participaram desta edição do curso de Grafotécnica os Registros Civis do 35º - Barra Funda, Cajamar, Canas, 41º- Cangaíba, 32º- Capela do Socorro, 30º- Ibirapuera, Jaraguá, 20º-Jardim América, Parelheiros, Pariquera-Açu, Piedade, 31º- Pirituba, Rio de Janeiro, Sabaúna, Saltinho, São Mateus, Sapopemba, 1º- Sé e 9º- Vila Mariana.


Em 01/12/2014 17h15
Comentário Positivo
Autor: Teste1 Webcartorios
Profissão: Programador
Cidade - Estado: São José dos Campos - SP
Deixe seu comentário
 
 
438127

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539
E-mail: arpensp@arpensp.org.br

Nº de Visitas: 149.569.709
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP