Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Alesp - Aprovada na Assembleia, lei com as diretrizes orçamentárias para 2022 é sancionada pelo Executivo

Publicado em: 26/07/2021
Receita estimada pelo governo do Estado para o próximo ano é de R$ 245,5 bilhões
 
Aprovada no final de junho pelos deputados e deputadas da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2022 foi sancionada e publicada no Diário Oficial nesta sexta-feira (23/7) pelo Executivo.
 
Onze emendas e 13 subemendas foram incluídas ao texto pelos parlamentares. As metas para o próximo ano consideram o Plano Plurianual (PPA) para o quadriênio 2020-2023, e incluem o fortalecimento dos municípios por meio da descentralização, a transparência na gestão dos recursos e a inovação para aprimoramento dos serviços públicos. O projeto prevê a unificação de Unidades Administrativas Regionais e a extinção de mais duas entidades estatais ainda não especificadas.
 
O governo planeja contar com uma receita fiscal de R$ 245,5 bilhões e despesas fiscais de R$ 228,5 bilhões para o próximo ano. Para assegurar a transparência e a participação popular durante o processo de elaboração da lei orçamentária, o governo promove audiências públicas em todas as regiões administrativas do Estado.
 
Dentre as prioridades determinadas pela Lei de Diretrizes Orçamentárias, encontram-se investimentos na educação, saúde, segurança, assistência social, turismo, cultura, moradia e agricultura sustentável, parte delas apresentadas através de emendas de deputados e deputadas da Assembleia Legislativa. Da receita corrente líquida disponível, 0,3% são destinadas para o atendimento à essas emendas.
 
O texto sancionado prevê a criação de 11 mil novos postos de trabalho no sistema penitenciário e a modernização de equipamentos e unidades policiais. Para a área da educação, os parlamentares incluíram a ampliação da Educação Integral para mais de 160 escolas. Na saúde, as emendas asseguraram a realização de mais de 260 mil atendimentos pelo Corujão da Saúde e pelas carretas Dr. Saúde e a realização de 480 mil agendamentos.
 
As emendas aprovadas também beneficiam trabalhadores de diversos setores da economia, com a inclusão da meta de apoio financeiro a 3,3 mil projetos culturais de artistas e produtores independentes, e de 1,3 mil projetos culturais de prefeituras; além do apoio a 230 empresas do setor cultural, e a 76 mil produtores rurais.
 
A redação aprovada pela Assembleia Legislativa determina que áreas menos desenvolvidas e com piores indicadores sociais e econômicos do Estado devem ser priorizadas no desenvolvimento de ações, políticas públicas e na distribuição de recursos.

Fonte: Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo
Deixe seu comentário
 
 
524756

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539
E-mail: arpensp@arpensp.org.br

Nº de Visitas: 149.571.140
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Alesp - Criado pela Alesp, Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana completa 30 anos

LEIA MAIS