Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Corregedoria obriga cartórios do Piauí a aderir à Central de Registro Civil

Publicado em: 21/03/2016
A partir desta segunda-feira (21), todos os cartórios de registro civil do Piauí estarão interligados. Durante o lançamento da Central de Registro Civil do Piauí (CRC-PI), o corregedor-geral da Justiça, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, destacou que o processo de emissão de certidões de nascimento, casamento ou óbito será desburocratizado. Ao todo, o Estado possui 116 cartórios, três estão em Teresina. 

"Recebemos uma média de 100 registros por dia. O que antes levava dias agora é questão de minutos. Anteriormente, tudo era feito a mão e hoje nós modernizados o nosso sistema e tudo passará a ser eletrônico. A Central do Piauí ficará interligada à Central Nacional. Esse sistema irá facilitar a vida de todos os cidadãos com os pedidos dos seus documentos. Os servidores dos cartórios serão capacitados para operarem o sistema. ", disse o desembargador. 

Para exemplificar a desburocratização do sistema, o corregedor citou o caso de uma uma pessoa casada há 50 anos que solicitasse a 2ª via da certidão de casamento. "Essa pessoa teria que ir até o cartório, o funcionário teria que localizar o livro. Agora não, basta colocar o nome e o CPF no sistema e já estará lá", explica. 

A obrigatoriedade do uso da CRC-PI por todos os cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais do Piauí permitirá a emissão de quaisquer certidões originárias de outros estados interligados através de solicitações feita diretamente no balcão dos cartórios locais. O Piauí é o 12º Estado a implantar o CRC. 

Apartir de hoje, além do lançamento da CRC-PI todas as certidões de nascimento já terão o Cadastro de Pessoa Física (CPF). O desembargador Sebastião Martins explica que o recém nascido já possuirá estes dois imporantes documentos. "Com certeza, ter estes dois documentos no início da vida é um grande passo para a cidadania", disse.  A primeira certidão de nascimento com CPF foi emitida há cerca de dois meses no município de Gilbués.

Para o delegado da Receita Federal, Edmar Ferreira, esse é um importante momento para o TJ e cartórios, pois reforça a cidadania de todos com a emisão do CPF que está ligado à Receita Federal.

Fonte: Cidade Verde
Deixe seu comentário
 
 
995898

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539
E-mail: arpensp@arpensp.org.br

Nº de Visitas: 150.350.009
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

Provimento CGJ N.º 11/2016 determina que a relação de óbitos registrados deverão ser enviadas para Receita Federal do Brasil

LEIA MAIS