Boletim Classificador

Acesse

Boletim Eletrônico

Cadastre-se
Busca

Clipping – UOL - PL assegura que pessoas trans tenham nome social respeitado após a morte

Publicado em: 26/02/2021

A deputada Erica Malunguinho (PSOL-SP) protocolou hoje na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) um projeto de lei que garante que pessoas transexuais tenham o nome social respeitado mesmo após a morte, em lápides e certidões de óbito.

A proposta assegura o respeito ao nome social inclusive quando a pessoa não tiver feito a alteração da certidão de nascimento em vida.

"Pessoas trans e travestis ainda são vítimas de transfobia até mesmo depois de suas mortes, apesar do uso do nome social ser um direito. A sociedade vai para frente quando entender que a diversidade deve ser a regra", escreveu a deputada, ao anunciar o PL nas redes sociais.

Um projeto semelhante foi apresentado em Brasília, pelo deputado distrital Fabio Félix (PSOL-DF), e aprovado pela Câmara Federativa do Distrito Federal em dezembro.

Caso Lorena

A assessoria de Erica Malunguinho informou que o PL já estava sendo redigido, mas que foi protocolado em razão do caso Lorena Muniz — a jovem de 25 anos teve morte confirmada no último domingo (21), dias depois de ser deixada sedada e inalando fumaça enquanto um incêndio atingia a clínica em que faria implante de próteses mamárias, em São Paulo.

Na terça-feira (23), a mãe da Lorena, Elisângela, foi impedida de emitir a certidão de óbito da filha com o nome social dela.

"Diante disso, apresentei no cartório um pedido de suscitação de dúvida, levando em consideração a legislação vigente que garante o uso do nome social", informou a deputa, em nota.

 

Fonte: UOL
Deixe seu comentário
 
 
910789

Código de Conduta da Arpen-SP


  1. O site da Arpen-SP incentiva o debate responsável. Está aberta a todo tipo de opinião. Mas não aceita ofensas.
    Serão deletados comentários contendo:
    • - Insulto
    • - Difamação
    • - Manifestações de ódio e preconceito
  2. É um espaço para a troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua.
    Não serão tolerados:
    • - Ataques pessoais
    • - Ameaças
    • - Exposição da privacidade alheia
    • - Perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento
  3. Por questões de segurança, não serão aceitos comentários contendo comandos, tags ou hiperlinks.
    Se desejar indicar algum site, digite o endereço textualmente.
    Por exemplo: http://www.arpensp.org.br
  4. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado: informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos.
  5. O site defende discussões transparentes. Não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
  6. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.
  7. Ao critério da administração do site, serão bloqueados participantes que não respeitarem este conjunto de regras.

Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo
Praça João Mendes, 52 - conj. 1102 - 11º andar - Centro - São Paulo - SP - CEP 01501-000
Fone: (55 11) 3293-1535 - Fax: (55 11) 3293-1539
E-mail: arpensp@arpensp.org.br

Nº de Visitas: 145.454.336
Copyright © Assessoria de Comunicação da Arpen-SP

CGJ/SP publica Comunicado Nº 506/2021

LEIA MAIS